Receitas

6 Coisas Que Você Não Deve Fazer Se Deseja Brownies Perfeitos

outubro 13, 2015
Tempo de leitura 8

Ah, os deliciosos brownies! Esses maravilhosos quadradinhos de chocolate com a consistência entre pudim e bolo, feitos com uma massa que leva bem pouca farinha e nada de fermento, ficam densos e úmidos na medida!

A famosa receita norte-americana apareceu em livros de cozinha no final do século 19, sabia? A primeira proposta surgiu em 1896, no livro The Boston Cooking-School Cookbook, de Fannie Farmer, uma norte-americana especialista em culinária.

A proposta dela foi adaptar uma receita de cookies, levando a massa para uma assadeira retangular. O resultado da aventura foi o que chamamos, hoje, de “blondie”, uma versão clara do brownie, que não leva chocolate. Anos depois, a autora republicou o livro com as receitas de blondie e de brownie, deixando as duas na categoria “brownies”.

Atualmente, essa sobremesa incrível é sucesso no mundo todo, e não faltam clientes para encomendas de deliciosos bocados de chocolate. Então, quem deseja conquistar consumidores com brownies sensacionais, precisa de um método infalível.

Mas como saber se o brownie está no ponto? Bem, existem regras para isso, que vão desde o início do processo até a sua conclusão, incluindo a embalagem. Quer entender mais sobre o assunto e melhorar a qualidade dos seus produtos?

Então, continue lendo este post para descobrir 6 coisas que você não pode fazer se busca conseguir brownies sempre perfeitos!

1. Optar pela receita errada

Apesar de algumas poucas diferenças na quantidade dos ingredientes, existem dois tipos padrão de brownies: o bem molhadinho e o mais sequinho. Este último parece um bolo mais tradicional, porém, é mais fino.

Caso, sem querer, você escolha a receita de um brownie mais seco, quando esperava um bem úmido, como o fudgy brownie, com certeza se desapontará e culpará o modo de preparo. Para fugir de um imprevisto desses, é importante analisar todo o material antes de iniciar os processos na cozinha.

Com isso em mente, valorizar um processo bem-feito, observando os pontos importantes — como trabalhar com ingredientes em temperatura ambiente, incorporar delicadamente a farinha, entre outros passos que comentaremos mais adiante aqui no post —, resultará em um brownie sempre mais incrível.

2. Usar o chocolate derretido ainda quente

A maioria das receitas de brownie pede, simplesmente, para que você misture o chocolate derretido com o açúcar e os ovos, certo? Porém, é preciso ter um cuidado importante nessa hora, pois, senão, tudo pode desandar!

A recomendação é esperar até que o chocolate esfrie um pouco (por cerca de 10 minutos), mas ainda mantenha uma consistência mole, de derretido mesmo. Depois desse tempo, aí sim, o sinal é verde para fazer a combinação.

O que acontece é que, se o chocolate estiver numa temperatura muito alta, cozinhará os ovos logo no primeiro contato, fazendo com você perca o ponto da massa e estrague todo o processo.

3. Escolher a assadeira incorreta

Um cuidado indispensável na preparação dos brownies é sempre utilizar assadeiras com as medidas especificadas na receita escolhida. Se você ainda não tem ideia de como saber se o brownie está no ponto, anote esta dica, pois é uma das principais!

Ao usar uma forma muito grande, além da medida, a massa cozinhará demais e poderá ficar ressecada. Mas, se a assadeira for menor que o necessário, o brownie poderá ficar com o seu interior totalmente cru.

Então, o segredo para que a massa chegue à altura prevista pela receita, permitindo o cozimento perfeito, é ter em mãos o refratário adequado. Se o modo de preparo pedir uma assadeira de 21 cm, nada de usar uma de 28 cm, ok?

Além disso, utilizar uma folha de papel-manteiga para forrar a forma permitirá melhores resultados e mais facilidade no momento de desenformar os brownies.

4. Assar a massa além do necessário

Sem dúvidas, essa é uma das partes do processo em que as pessoas mais erram, principalmente quando fazem a receita pela primeira vez.

Uma dica ótima de como saber se o brownie está no ponto e evitar que fique seco é testar a massa. Para isso, você pode utilizar um palito de dente, uma vez que ele tem o tamanho suficiente para o teste. O correto é inserir o palito dentro do brownie e retirá-lo logo em seguida, checando se ele sairá com algumas migalhas grudadas. E o pulo do gato do brownie está aí!

Diferentemente de um bolo tradicional — caso em que o palito normalmente deve retornar bem seco e sem manchas —, o brownie apresenta maior umidade e densidade, deixando o palito mais amarronzado, algo que confunde quem ainda não tem experiência com o preparo. Assim, o ponto ideal para desligar o forno é quando o palitinho retorna levemente úmido e com algumas poucas migalhas.

Ah! Lembre-se disto: após desligar o forno, a massa ainda cozinhará mais um pouco por dentro. Justamente por causa disso, interromper o cozimento mais tarde que o indicado no preparo deixará os seus brownies excessivamente secos.

5. Cortar os brownies muito cedo e embalar sem cuidado

Se tentar cortar os brownies assim que eles saírem do forno, você perceberá que grande parte da massa ficará grudada na faca ou nos cortadores. Esse é um grave problema, pois deixará a sua sobremesa toda bagunçada e mal cortada, com um aspecto visual que não vai agregar valor aos pedidos.

Agora, se você esperar o tempo correto — entre 1 ou 2 horas depois de o brownie sair do forno —, é certo que o sabor da sobremesa se intensificará! A troca de ar com o ambiente é importante para baixar a temperatura da massa e permitir que o brownie fique mais compacto e com a textura adequada.

Outro ponto a se pensar diz respeito a como embalar os produtos do jeito certo. Ou seja, fazer brownie no ponto vai além de receita. Para que todo mundo comprove que a sua produção é boa, as entregas das encomendas devem ser muito bem-feitas.

Considerando que os brownies são mais úmidos e macios, se os pacotes forem planejados sem uma atenção especial, os bolinhos poderão ser danificados durante o armazenamento ou, então, na hora do transporte.

A seguir, veja as 3 principais opções de embalagens para essa sobremesa:

  • marmitinhas de alumínio — protegem bastante as fatias do brownie e ajudam a manter a temperatura. É possível aplicar um adesivo da sua marca e laços de fita para personalizar os pedidos;
  • caixinhas de papelão ou de plástico — acomodam bem os produtos, porém, é necessário que tenham forro antiaderente, para que os brownies não grudem no fundo. Escolhendo opções decoradas, é possível valorizar os seus produtos;
  • saquinhos transparentes — simples e baratos, são a forma mais prática e barata de embalagem. Além disso, permitem ao comprador verificar a beleza do produto antes de comprá-lo.

Tenha em mente que a escolha do tipo de pacote, além de garantir a segurança do produto, também deve ajudar a movimentar as suas vendas e, claro, ter bom custo-benefício.

Então, estude as variedades de embalagens. Só assim você conseguirá encontrar a opção que fecha melhor com a proposta do seu negócio, tanto pela padronização da identidade visual quanto pelo investimento que será necessário fazer a cada novo ciclo de entregas.

6. Cozinhar com ingredientes ruins

Para bons pratos, bons ingredientes — essa é uma regra de ouro na cozinha no dia a dia e que deve ser seguida ainda mais à risca na sua produção profissional. E quando o assunto é como fazer brownies perfeitos, então, nem se fala!

Em um primeiro momento pode parecer que comprar produtos de mais qualidade vai comprometer as suas finanças, mas não pense assim! Avalie cada compra como um investimento feito para melhorar a experiência do seu cliente, que, certamente, voltará, se receber uma entrega de brownie incrível.

Então, começando pelo chocolate, não dá para usar achocolatado em pó ou barras com pouca intensidade de cacau. E quando a receita pede cacau puro, não tem substituto: é cacau e ponto!

Mesmo a farinha e a manteiga devem ser muito bem escolhidas. Pense sempre na facilidade da obtenção do ponto correto. E o seu brownie certamente terá sabor, textura e aroma diferenciados se você investir em ingredientes de ótima qualidade. Acredite: vale muito a pena!

Por fim, apesar de existirem receitas padrão de brownies — como aquela do fudgy brownie, que indicamos logo no início deste post —, não deixe de usar a sua criatividade.

Depois de fazer alguns testes e ter mais segurança com a estrutura da massa, comece a se aventurar e ofereça variedades para a sua clientela. Personalize os preparos com ingredientes como creme de avelã, castanhas, doce de leite, licores, entre outras delícias que vão dar aquele toque diferenciado. A decoração também é importante para deixar o brownie mais atraente e destacado perante os tradicionais.

Pronto! Agora, você já tem boas dicas de como saber se o brownie está no ponto e o que não dá para fazer para ter ótimas entregas!

Gostou de aprender com este conteúdo? Então, compartilhe agora mesmo este nosso post nas redes sociais e ajude mais confeiteiros como você!

Você também pode gostar

26 Comentários

  • Reply Emília outubro 31, 2016 at 11:46 am

    Gostei das dicas! Gostaria de saber onde armazenar brownie na marmita, pode ser na geladeira? Em média dura quantos dias?? Obrigada

  • Reply Glória Henringer março 15, 2017 at 9:19 am

    Bom dia.
    Meus parabéns adorei a dica…Sou camareira e trabalho na lavanderia de um hotel…Estou querendo fazer brownie para vender…Pois animamos brownie aqui em casa….Só,que, não faço a menor ideia de preço para vender ou se tenho que me registrar em algum órgão pois será feito em casa….Não sei poderia me ajudar .. Grata desde de já.
    Abraços Glória Henringer

  • Reply Carmen Bulhies março 25, 2017 at 10:48 am

    Pergunto se o brownie, depois de frio e cortado em quadrados, ele pode ser recheado de brigadeiro. Adorei todas as dicas acima

    • Reply chefcenter abril 10, 2017 at 4:42 pm

      Oi Carmen! Claro que pode ser recheado sim! Deve ficar uma delícia!

  • Reply Daniel março 31, 2017 at 10:19 pm

    Porque quando faço bronwie ele fica com bolhas de ar?

    • Reply chefcenter abril 10, 2017 at 4:43 pm

      Oi Daniel! Veja o tipo de chocolate que está utilizando. Outra sugestão, é você bater (bem de leve) a assadeira em cima da mesa. Fique “soltando” a assadeira em cima de uma superfície, várias vezes até você ver que bolhas de ar vão começar a subir na superfície. Desta forma, você tira as bolhas de ar que ficaram presas na hora de você bater.

      Outra sugestão é bater a massa na mão mesmo, assim você não incorpora tanto ar na massa.

  • Reply Inês Almeida maio 4, 2017 at 11:51 am

    Olá gostei muito das dicas. Depois de eu ter a massa feita e já estar na travessa antes de ir ao forno, posso adicionar nutella ou kitkat qualquer coisa assim desse género nozes. Obrigado/a beijinhos

    • Reply chefcenter maio 10, 2017 at 12:01 pm

      Oi Inês! Pode sim. Nozes você pode misturar na massa antes de colocar na bandeja.

      A Nutella talvez fique misturada dentro da massa, e acabe espalhando. Mas você também pode usar um bico perle grande ou recheador, e colocar dentro após assado.

      Kit kat nós nunca testamos, mas acho que idealmente seria bom colocar na metade pro final do tempo de assar, pois vai derreter todo o chocolate, e só vai sobrar o wafer.

  • Reply LUCINEY Freitas junho 26, 2017 at 10:52 am

    Olá! adorei as dicas. Pra comercializar qual seria melhor? Com recheio Ou sem?

    • Reply chefcenter junho 28, 2017 at 3:13 pm

      Sem recheio dura mais tempo! Mas com recheio normalmente sai mais!

  • Reply Ana Lucia junho 29, 2017 at 10:05 pm

    Oie!!! Gostaria que de uma receita de um Brownies perfeitos, aquele bem úmido, saboroso e delicioso, e informações de validade, e como embalar para comercializar e manter a qualidade!!Aguardoua Ajuda!!! Beijos

  • Reply Juliane Muniz setembro 19, 2017 at 12:19 pm

    Olá, sempre faço brownies e são deliciosos. Mas tenho notado que ao partir o brownie depois de frio por dentro aparecem uma “ligas” (lembram muito teia de aranha rs.) Será que estão estragando de um dia pro outro?

    • Reply chefcenter setembro 22, 2017 at 1:38 pm

      Oi Juliane, acredito que de um dia pro outro não estraga não. Isso pode ser o açúcar que está caramelizando. Depende dos ingredientes que você usa, mas já vi alguns cookies que ficam assim!

    • Reply Vera Machado março 13, 2018 at 3:25 pm

      Por favor, me enviem uma receita bem saborosa. Amo Brownie. Muito obrigada!

  • Reply Emerson dezembro 6, 2017 at 10:12 am

    Olá, bom dia! Tudo bem? Eu pretendo fazer brownies para vender em uma sorveteria aqui em minha cidade. Venderei o brownie com sorvete de creme e nutella. Como faço para manter o brownie aquecido quando for servi-lo? Quanto tempo em média depois de assado o brownie pode ser armazenado sem perder a qualidade?
    Espero que possa me ajudar. Um Abraço!

    • Reply chefcenter fevereiro 16, 2018 at 7:09 pm

      Acredito que a melhor forma seja você esquentar o brownie no forno elétrico na hora de servir. Para armazenar, os brownies devem ter até 3-4 dias porém se você quiser você pode assar vários, congelar aí servir quente!

  • Reply Kal dezembro 27, 2017 at 1:56 pm

    Olá tenho feito brownies e perfeitos, mas as ultimas têm ficado com uma casca que esfarela, fica ate solta da massa. creio que devo estar fazendo algo errado.

    • Reply chefcenter janeiro 11, 2018 at 11:33 am

      oi Kal! Será que o seu forno está muito quente, e acaba ressecando a casca? Tente trocar o chocolate também para um chocolate meio amargo, e não use ao leite!

  • Reply Como embalar chocolate adequadamente e ainda preservar o sabor? - Chef Center BlogChef Center Blog março 21, 2018 at 8:45 am

    […] ponto, vale ressaltar que produtos gordurosos como brownies e bolos gelados também são indicados para o uso desse papel. Então, não deixe de […]

  • Reply RECEITA: Fudgy Brownie - Chef Center BlogChef Center Blog agosto 19, 2018 at 8:27 pm

    […] E aí, gostou da receita? Antes de começar, confira neste post 6 erros comuns na hora de fazer brownie! […]

  • Reply Dan Pinheiro setembro 2, 2018 at 1:24 am

    Olá! Parabéns, pela matéria! Uma coisa que não encontrei em lugar nenhum ainda: Posso por duas bandejas de brownies para assar de uma só vez em forno comum? tenho tentado mas não deu certo ainda. 🙁

    • Reply chefcenter outubro 16, 2018 at 10:43 am

      Olá! Acredito que isso depende da forma que é distribuída no forno. Se você está colocando duas bandejas, elas provavelmente vão precisar de mais tempo no forno, já que a mesma temperatura precisa aquecer o dobro de massa! Se você aumentar a temperatura, corre o risco de queimar a assadeira que está mais próxima ao fogo. Se o seu forno é muito pequeno, não vai dar conta! :/

    Deixe uma resposta

    Scroll Up
    %d blogueiros gostam disto: