Entrevista: Ju Morais Parte 2

Leia a primeira parte desta entrevista aqui.

CC: Como é a sua rotina hoje em dia?

JM: Acordo bem cedo porque levo minha filha pra escola. Acordo e arrumo ela, e quando volto já são 7 horas e começo a trabalhar. Minha agenda determina muito minha rotina!

As vezes quando não tenho muito bolo pra entregar de manha, eu volto pra casa e durmo mais um pouco (risos). Sexta e sábado eu durmo muito pouco, por que trabalho bastante pra entregar na hora certa. Minha mãe me ajuda muito também a levar, buscar, e quando o fornecedor não pode entregar, ela me ajuda a fazer as compras.

 

CC: Essa área de confeitaria aproxima muitas pessoas..

JM: Mas ela é muito complicada, e eu fui percebendo isso com o passar dos anos, principalmente quando eu optei por não divulgar minhas receitas. Isso gerou um ciúmes muito grande, e as pessoas não entendiam, me criticavam porque não queria dar curso. Meu foco nunca foi dar curso, foi vender bolo e atender meus clientes com o meu produto. Isso gerou uma disputa muito grande na área da confeitaria. É a coisa mais engraçada, mas eu não dou corda nem abertura para esse tipo de profissional. A maioria dos profissionais que eu lido se tornaram amigos maravilhosos, muito amigos. Eu sou muito tranquila e quando sou respeitada fico muito feliz. Sou fácil de fazer amizade..

CC: Tem algum doce/receita que ainda não aperfeiçoou e quer melhorar?

JM: Como eu faco os doces o dia inteiro, domino as minhas receitas. Sempre tem modelos novos que eu quero fazer, mas por falta de tempo na consigo me dedicar a treinar novos modelos.

Eu ainda não aperfeiçoei o bolo de andar, por que não tenho tempo nem ocasião pra praticar. Acho bem complicadinho, eu fiz no aniversario da minha vó de 101 anos. Fiquei bem nervosa mas deu muito certo! Mas ainda não faco com facilidade, pra conseguir preciso fazer com mais pratica, e pra isso preciso de mais pedidos!

CC: Qual foi um pedido desafiador que você recebeu?

JM: O primeiro pedido de bolo foi uma amiga que pediu. Ela falou pra eu me virar com a minha massa, os meus recheios pois queria tudo. Ele ficou feio tadinho kkk.

No começo eu sempre pedi muito retorno de todo mundo, e foi através do feedback que fui fazendo os ajustes até que cheguei no meu padrão. Nem tinha forma de bolo adequada. Tinha de dois tamanhos diferentes, aí eu assei a forma em duas formas diferentes rasinhas, e tive que cortar eles pra ficar do mesmo diâmetro. O bolo é bonito, gostoso e fica em pé.. então funciona, né!

Até eu ajustar a quantidade de caldinho, e descobri que o bolo tinha que ir pra geladeira! Eu não sabia de nada, eu era um zero a esquerda. Eu considero que não sei nada de confeitaria, por que o jeito que eu faço pode nem ser o jeito certo que as pessoas ensinam. Eu não sei nada, nunca aprendi com profissional pra saber as técnicas corretas, eu que desenvolvi minhas técnicas!

 

CC:Você gosta mais de fazer doce ou salgado em casa?

JM: Eu AMO cozinhar, amo fazer carne de panela, rabada, etc. Se estou com tempo e disposição, to na cozinha. Adoro fazer pratos salgados, receber gente em casa… sou bem de casa mesmo. Agora falou de comer, to comendo! Amo comer de tudo! Sou comilona kkk

Tenho um estomago pra sal e um pra doce. Como até morrer, aí depois se tem sobremesa ainda cabe!

 

CC: O que não pode faltar na sua cozinha?

JM: De confeitaria, não pode faltar minha batedeira planetária. Ela é vida! E fouet, eu adoro. De ingredientes, não pode faltar leite ninho e leite condensado moça da Nestlé, não abro mão.

De cozinha da minha casa, não pode faltar cebola, alho, tomate, e… ketchup! Sou viciada em ketchup (risos). Sou viciada em comida japonesa e McDonald’s. Pareço uma gravida (risos), tem dias que tenho desejo e vou comer no McDonald’s ou no japonês de kilo.

CC: Qual bolo que você mais gosta de fazer?

JM: O bolo glamour, o que tem a lateral toda trabalhada das faixas, e o buquezinho de rosas em cima.

CC: Conta uma coisa engraçada sobre você que nem todo mundo sabe!

JM: Estava conversando com a minha ajudante aqui, pra pensar… e tem umas coisas engraçadas que eu faço… por exemplo, eu adoro comer sentada no chão da cozinha, desde criança. Principalmente quando to cansada, sento no chão da cozinha, cruzo as pernas e como, to nem aí (risos)

Outra coisa…coitada da minha ajudante! Eu canto o dia inteiro! E é a mesma musica, é um sufoco nem eu me aguento. Mas me divirto. Eu sou de uma família muito musical, minhas tias e primas tocam piano e acordéon, minha vida toda foi pra coralzinho… sempre tive muito incentivo da família toda… não sou cantora obvio, mas eu gosto!

Também sou dorminhoca e comilona.se eu tenho uma horinha de prazo, aproveito e tiro uma soneca… pareço urso, ou to dormindo ou to comendo.

Ah eu economizo passos na cozinha! Não gosto de deixar nada de vidro na pia porque eu jogo tudo na pia, independente da onde estou. Brinco de arremessar sabe (risos)… espátula, vasilha de plástico, arremesso tudo na pia. Minha ajudante leva susto com os barulhos

Ela fala que tem que ser uma matrix aqui pra desviar as coisas que eu jogo. Da estação que eu fico decorando é mais ou menos um metro e meio… é pertinho mas eu jogo!


E aí? Gostaram da entrevista? Quer conhecer mais o trabalho da Ju Morais? Acesse o instagram dela @_jumorais_ 

 


Um comentário sobre “Entrevista: Ju Morais Parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s