Curiosidades

Doces de inverno: quais são os doces típicos de países frios?

Maio 17, 2018
Tempo de leitura 3

A temperatura cai um pouco e as pessoas já começam a ficar ansiosas pelos típicos doces de inverno. Afinal, são as sobremesas quentinhas, que chegam à mesa ainda fumegando, que ajudam a confortar as longas noites frias dessa época do ano.

Enquanto a confeitaria brasileira é incomparável na arte de criar doces frescos, com frutas tropicais e outras riquezas do país, as receitas quentes que mais apreciamos por aqui foram importadas. Elas vêm especialmente da Europa e dos Estados Unidos, regiões que enfrentam invernos mais longos e rigorosos.

Se você está pensando em aproveitar as estações mais frias para ampliar o seu repertório e oferecer novas receitas a seus clientes, conheça abaixo alguns doces típicos de inverno, descubra sua história, seus segredos e comece a se preparar!

Brownie

Brownie é um bolo denso, de interior úmido, feito com bastante chocolate e manteiga. De origem provavelmente norte-americana, essa receita faz sucesso há mais de 100 anos e um dos motivos que explicam tamanha popularidade é a sua simplicidade.

Para fazer um brownie de chocolate clássico é preciso ter apenas farinha, ovos, manteiga, açúcar e chocolate. Para incrementar, vale misturar à massa o que a imaginação mandar: castanhas, frutas secas, pedaços de chocolate branco ou de doce de leite. Em dia de temperaturas baixas, pode ser aquecido antes de servir.

Apfelstrudel

O apfelstrudel, ou strudel de maçã, é uma receita típica da Áustria e também muito popular na Alemanha. Nele, uma massa folhada fina e crocante é recheada com maçã, passas, nozes e é servida quente com bastante açúcar, para reconfortar o estômago e a alma.

Para preparar um apfelstrudel, a massa folhada deve ser bem fininha. O recheio é feito com uma mistura de maçã picada em cubos, nozes, passas, farinha, açúcar e deve preencher a massa com abundância. Algumas variações da receita acrescentam ovos, conhaque ou rum e especiarias, como canela e cravo. Ao ser servido, o strudel pode acompanhar calda de baunilha ou sorvete.

Petit Gâteau

Um petit gâteau é um bolo de chocolate individual, assado por fora, mas com o interior cremoso, servido ainda quente com uma bola de sorvete de creme ao lado. Faz poucas décadas que essa sobremesa chegou ao Brasil, mas ela rapidamente caiu no gosto popular e se tornou a companhia perfeita para noites frias.

Chamada na França de Fondant au Chocolat, essa sobremesa foi trazida ao Brasil nos anos 1990 pelo famoso chef francês Erick Jacquin.

Prepará-la não é difícil. A receita é semelhante à de qualquer outro bolo de chocolate, com ovos, açúcar, farinha, manteiga e chocolate. O truque é retirar do forno na hora certa, assando a superfície, mas mantendo o interior ainda cru.

Suflê

Suflê é um clássico da gastronomia francesa e possui diversas variações, salgadas e doces. Construído à base de claras em neve, esse é um doce extremamente leve e delicado, com sabores sutis e uma textura semelhante à de uma espuma.

Essa receita é bastante trabalhosa e levar à mesa um suflê perfeito é motivo de orgulho para chefs profissionais e amadores. No entanto, quando dá certo, um bom suflê de chocolate servido ainda quente vai derreter na boca e fazer qualquer pessoa esquecer o frio.

Esses são alguns doces de inverno, criados em diferentes partes do mundo para alegrar os dias escuros, de baixas temperaturas e céu encoberto. São receitas que caem bem sozinhas, no café da tarde ou após uma boa refeição. Com eles, adultos e crianças vão desejar que a primavera só volte no ano que vem.

Gostou deste post? Então compartilhe-o com seus amigos nas redes sociais!

 

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe uma resposta

Scroll Up
%d blogueiros gostam disto: