Você sabe como conservar doces de chocolate no calor? Nós explicamos!

Quem trabalha com a fabricação de doces sabe que o chocolate tem seus segredos. O ingrediente está presente na maioria das receitas da confeitaria, como bolos, bombons, ovos de Páscoa, chocotone, entre tantos outros. Em cada um desses preparos, o produto precisa de cuidados especiais e, por ser bastante sensível ao calor, é necessário tomar providências para não afetar o sabor.

Assim, se você produz essas guloseimas em casa, precisa conhecer as melhores maneiras de conservar doces. Afinal, a aparência, textura e sabor dependem muito das condições de armazenamento. Além do mais, a qualidade dos produtos é que o que vai ajudar a fidelizar os seus clientes.

E então, gostaria de saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e saiba quais são cuidados importantes ao manusear chocolates e como conservar doces até mesmo no calor.

Cuidados ao manusear chocolates

Os primeiros cuidados para que os doces cheguem em perfeita forma aos clientes começa antes do armazenamento. Isso porque a escolha dos materiais, formas de manuseio, entre outras particularidades são práticas que influenciam bastante os resultados. Por isso, confira a seguir dicas para lidar com o chocolate de forma adequada:

Escolha produtos de qualidade

Na hora de comprar os materiais para fabricar seus doces, observe a composição de cada um por meio das informações no rótulo. Embora existam muitas opções no mercado quando o assunto é chocolate, saiba que a característica que faz com que ele derreta na boca deve-se à manteiga de cacau presente em algumas versões do produto. Contudo, esse também é o ingrediente que o faz derreter mais rápido.

Sendo assim, teste diferentes tipos e marcas até chegar ao que mais agrada sua clientela — sempre prezando pela qualidade, é claro.

Fique de olho na validade

Não adianta comprar o chocolate mais nobre se ele estiver fora do prazo de validade. Portanto, mantenha o controle dos seus produtos de acordo com esse período próprio para o consumo dos doces. Afinal, você não vai querer perder matéria-prima por falta de organização e muito menos prejudicar sua credibilidade ao utilizar produtos vencidos, não é mesmo?

Então, fique atento às variações dos prazos em relação aos diferentes tipos de doces. Por exemplo, bombons de coco chegam no máximo a 3 dias enquanto os recheados com frutas, como uvas, duram apenas 1 dia. Pirulitos decorados chegam a 15 dias, enquanto ovos de chocolate recheados têm a validade de cerca de 7 dias, dependendo do tipo de recheio. Mas lembre-se: para chegar a esses prazos, os produtos precisam estar devidamente embalados.

Utilize os utensílios adequados

Os utensílios usados para manusear o chocolate também são importantes. Por exemplo, evite o uso de itens de metal para impedir a oxidação e dê lugar a recipientes e espátulas de plástico ou de silicone.

Vale ressaltar que a água pode estragar o chocolate. Em razão disso, seque os utensílios muito bem antes de manusear o produto. Se possível, utilize luvas para impedir o contato com o suor e não deixar marcas de digitais nos seus doces.

Dicas de como conservar doces

Saber como manusear o chocolate na hora de preparar seus quitutes é o primeiro passo para manter a qualidade dos seus produtos. Então, chegou a hora de conferir a seguir os segredos para conservar seus doces até mesmo no calor. Acompanhe!

Embale com material adequado

 Além de ser uma forma de chamar a atenção do cliente, as embalagens têm bastante influência na conservação de chocolates. Por isso, primeiramente é necessário avaliar o tipo de guloseima e acertar o tamanho do embrulho para que não fique pequeno ou grande demais e acabe danificando o doce com mais facilidade.

Outra questão importante é o tipo de material da embalagem. O papel chumbo, por exemplo, é um grande aliado do chocolate. Isso porque suas propriedades refletem a luz e não absorvem calor, o que faz com que o produto demore mais a derreter. Uma boa dica é embalar bem os doces para evitar a entrada de ar.

Proteja do ar e da umidade

Como dissemos, os doces são sensíveis a algumas condições e precisam de cuidados especiais. Nesse sentido, pensar no lugar para o armazenamento é essencial para a preservação da qualidade das guloseimas. Por isso, observe a sua casa e decida qual o melhor lugar para manter os chocolates.

Um dos fatores que você deve avaliar é se o ambiente escolhido tem muita presença de ar, afinal isso pode prejudicar os doces. Dessa forma, prefira espaços secos, longe da incidência do sol e calor e, principalmente, afastado de outros alimentos — já que o chocolate pode absorver odores externos. Lembre-se ainda de que os doces costumam ser sensíveis à luz, então mantenha-os em ambientes escuros.

Atente para a temperatura 

O seu primeiro pensamento é o de manter os doces na geladeira, não é mesmo? Porém, saiba que a refrigeração nem sempre é a prática mais indicada, pois quando a temperatura fica muito baixa alguns problemas podem ocorrer. Na verdade, a temperatura ideal para conservar doces é de 12 a 20 °C.

Por exemplo, no caso do chocolate é possível que ocorra o desprendimento da manteiga de cacau — o que faz a substância ir para a superfície do alimento, deixando-o com um efeito esbranquiçado.

Outra consequência de manter doces na geladeira é a presença da umidade. A água presente no ar faz com que o açúcar do chocolate se dissolva e depois, ao entrar em contato com temperaturas mais quentes, cristalize e ganhe uma textura irregular e granulada. Por outro lado, em épocas mais quente do ano o jeito é levar os chocolates à geladeira mesmo. Para isso, tome alguns cuidados, como:

  • verificar se a temperatura da geladeira não está muito baixa, optando por níveis baixos ou médios (nunca utilize o freezer);
  • embrulhar os chocolates em sacos plásticos e vedar bem, impedindo a entrada do ar;
  • redobrar os cuidados se o doce possuir recheio com ingredientes, como creme de leite;
  • ao tirar da geladeira, esperar cerca de 2 horas antes de desembrulhar para que o chocolate chegue à temperatura ambiente gradativamente.

A confeitaria é uma arte e, por isso, é recheada de segredos que fazem toda a diferença nos resultados. Nesse sentido, se você tem um negócio em casa e deseja aumentar as vendas, precisa focar em trazer qualidade para seus produtos. Assim, saber como conservar doces é essencial para melhorar a experiência dos seus clientes e ainda evitar prejuízos. Siga as nossas dicas e mantenha os quitutes perfeitos até mesmo no verão.

Se você gostou de saber mais sobre o mundo da confeitaria, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais dicas como essas.

Estamos no FacebookPinterestInstagram e YouTube


Deixe uma resposta