Empreendedorismo

Veja como fazer controle de estoque em confeitarias com 6 dicas simples

julho 17, 2019

Você tem o sonho de abrir uma confeitaria? Então saiba que vender um produto de qualidade não deve ser a sua única preocupação. Afinal, para que o negócio prospere, é preciso ter um conhecimento básico sobre empreendedorismo e saber como fazer controle de estoque.

Desperdício, longa espera de produtos no estoque, falta de matéria-prima com alta demanda e prejuízo são apenas algumas das situações que podem ser evitadas com uma boa gestão. Portanto, essa não é uma ação que deve ser deixada em segundo plano.

Agora que já entendeu a importância de saber como administrar o estoque em confeitarias, chegou a hora de aprender com 6 dicas práticas. Confira!

1. Mantenha as informações organizadas

Saber como fazer controle de estoque em confeitarias significa conhecer bem seus produtos. Para isso, você precisa manter sempre as informações sobre eles detalhadas e atualizadas, além de monitorá-las com frequência.

Uma maneira muito interessante de fazer essa organização é por meio de fichas técnicas dos produtos. Elas contêm dados completos sobre as matérias-primas e são de grande ajuda para o acompanhamento das entradas e saídas.

Para montar uma boa ficha de estoque, você deve incluir as seguintes informações:

  • código do produto (para facilitar a identificação);
  • data de entrada e saída da mercadoria;
  • registro de quantidades;
  • unidade de medida;
  • valores de custos de entrada, saída e estoque atual;
  • custo médio da unidade;
  • nome e contato do fornecedor.

2. Considere o histórico de consumo

Uma das principais dúvidas em relação ao controle de estoque é sobre o momento certo de comprar e qual a quantidade adequada para que a sua confeitaria tenha a rotatividade esperada de mercadorias, tanto de entrada como de saída.

Mas como chegar ao número ideal para o seu estabelecimento? Comparando o consumo dos períodos anteriores e as demandas dos clientes! Assim, você reduz o risco de desperdício da matéria-prima e mantém o equilíbrio na reposição de produtos, além de não decepcionar os consumidores que estiverem esperando para fazer uma compra na sua confeitaria.

Para entender a importância dessa comparação, imagine o seguinte: você analisou o histórico da confeitaria e notou que o período de agosto a outubro costuma ter a menor demanda do ano. Sem essa informação, provavelmente continuaria adquirindo quantidades similares aos outros meses, provocando o excesso de itens no estoque e, consequentemente, prejuízo.

Lembre-se, também, de ficar atento aos períodos sazonais de vendas, como as datas comemorativas. Afinal, você não vai querer perder clientes por estar com déficit no estoque em ocasiões como a Páscoa ou Natal, que são períodos em que o consumo de doces aumenta, não é mesmo?

3. Tenha um bom sistema automatizado

Se a tecnologia oferece excelentes soluções para agilizar seus processos, por que não usar? Não automatizar o seu negócio pode ser um erro que comprometerá muito do seu estabelecimento, principalmente no que diz respeito ao controle de estoque.

Imagine ter que fazer toda a contagem e conferência apenas de forma manual, todos os dias? Com certeza seria algo bastante trabalhoso, não é verdade? Isso sem falar nos erros que podem ser cometidos, gerando o retrabalho.

Nesse sentido, ao contar com um bom software de controle de estoque, você consegue gerenciar mais facilmente as entradas e saídas, uma vez que é possível dar baixa na mesma hora.

Além de tudo, há o benefício de integração entre os diferentes setores da confeitaria, como a área de vendas. Isso é importante, principalmente, para entender o que sai ou não com frequência.

4. Faça o inventário periódico

Apesar de os sistemas automatizados reduzirem bastante a ocorrência de erros, é essencial acompanhar e conferir se os dados registrados batem com o seu estoque.

Por isso, faça o inventário periódico! Ele é um recurso bastante usado em pequenas e médias empresas e serve para contabilizar os itens do estoque em uma frequência predeterminada. A partir dessa verificação, você ganhará uma visão geral mais exata do seu negócio e vai ter ajuda na resolução de problemas pontuais a respeito de entradas e saídas.

Por exemplo: você checa o sistema e lá consta que restam 15 kg de chocolate, quantidade suficiente para 3 semanas em sua confeitaria. Mas por um erro na hora de dar baixa no produto, os números do software não batem com a realidade do seu estoque, que tem material apenas para 5 dias. Isso, certamente, geraria problemas que poderiam ser evitados se houvesse uma conferência periódica dos produtos.

5. Conte com bons fornecedores

Ter fornecedores íntegros e que ofereçam produtos de qualidade, desde matérias-primas até utensílios para sua confeitaria, é essencial para qualquer negócio e faz muita diferença para a manutenção eficaz do estoque.

Uma boa rede de fornecimento significa que você não ficará despreparado para vender para os seus clientes, que conseguirá honrar prazos apertados e, principalmente, que o produto final foi produzido com qualidade.

Se você tem dúvidas sobre como escolher os seus fornecedores, considere estes aspectos e forme uma rede de contatos eficientes para sua confeitaria:

  • bom cumprimento dos prazos;
  • bons preços;
  • condições comerciais;
  • bom atendimento;
  • flexibilidade para pedidos inesperados;
  • eficiência nas entregas.

6. Prepare um espaço adequado

Principalmente quando se fala em confeitaria, a escolha e manutenção do espaço do estoque é indispensável, pois tratam-se de produtos perecíveis. Assim, podemos dizer que não adianta manter a organização na gestão de estoque, utilizar sistemas específicos e planejar conforme o histórico de consumo, se os cuidados com o local forem negligenciados.

Nesse caso, o primeiro aspecto que você deve levar em consideração é a temperatura do ambiente, que não pode ser úmido ou muito abafado para não prejudicar a qualidade dos materiais. O lugar precisa, ainda, ter os padrões de higiene adequados às normas da Vigilância Sanitária.

Por esse motivo, a limpeza do ambiente, o armazenamento das matérias-primas e a qualidade dos utensílios são fatores que precisam ser bem pensados. Preste atenção na organização e validade dos produtos também! Isso deve ser prioridade no controle do estoque em confeitarias.

Para evitar problemas nesse sentido, o ideal é que você organize de acordo com as datas em que os produtos foram estocados, colocando os ingredientes que estão há mais tempo à frente dos demais.

Saber como fazer controle de estoque em confeitarias é algo que repercute diretamente nas suas compras e vendas, ou seja, é primordial para a saúde financeira do seu negócio. Além disso, é uma maneira efetiva de prestar cada vez mais um bom atendimento para seus clientes e ainda praticar bons preços.

Aliás, essa não é uma tarefa que necessita de grandes esforços! No entanto, exige sempre disciplina para que as dicas sejam colocadas em prática da maneira certa.

Neste artigo, apresentamos dicas essenciais para que você monte o seu negócio. Mas será que está tudo pronto para a inauguração? Confira a checklist com 6 itens estratégicos para o grande dia!

 

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: