Dicas, Empreendedorismo

Como montar uma padaria de sucesso: tudo o que você precisa saber!

agosto 19, 2019

Se você trabalha na área da confeitaria e panificação, deve amar criar suas próprias receitas e inovar nos bolos, doces e pães. E, talvez, até sonhe em ter sua própria loja, mas se pergunta: como fazer uma padaria de sucesso para compartilhar a sua paixão?

Claro que você tem seus sonhos, porém, mantém os pés no chão e segue crescendo aos poucos, especializando-se também. Isso é fundamental, pois muitos empreendedores estão investindo nesse ramo, o que torna o negócio extremamente competitivo.

Por isso, saiba que é necessário conhecer todos os caminhos de como montar uma padaria de sucesso para mostrar o seu trabalho e ficar à frente da concorrência.

Então, separamos especialmente para você todas as dicas de como montar sua padaria e ver o seu negócio próprio dando certo! Confira!

1. Montar uma padaria é um bom negócio?

Já vimos que existe uma grande concorrência no setor de panificação, mas o ramo também apresenta grande possibilidade de lucro, já que se trata de um serviço que muitas pessoas utilizam.

Inclusive, você sabia que o ramo de panificação e confeitaria vem crescendo e movimentou cerca de 90 bilhões de reais apenas no ano de 2017?

Segundo a Associação Brasileira da Indústria da Panificação e Confeitaria (ABIP), tudo indica que, nos próximos anos, o desempenho do setor vá aumentar mais ainda.

Além disso, de acordo com o Programa de Desenvolvimento da Alimentação Confeitaria e Panificação (PROPAN), as panificadoras e confeitarias nacionais cresceram 2,7% em 2015, faturando cerca de 84,7 bilhões de reais.

Então, é possível concluir que os empreendedores que optarem por investir nesse mercado têm grandes chances de alcançar o sucesso financeiro! E vão, é claro, fazer isso realizando um sonho!

1.1. Quais são os tipos de padarias?

Você conhece os diferentes tipos de padarias? É importante saber que tipo de produtos você vai comercializar no estabelecimento. Afinal, não basta vender exatamente o que as outras padarias oferecem, mas também é preciso inovar nas iguarias.

Para entender melhor o cenário, vamos contar um pouco da história das padarias.

Desde a metade dos anos 90, era costume que as padarias concentrassem as suas vendas somente em alimentos, como pães, bolos, laticínios, balas e chicletes. Entretanto, foi a partir dos anos 2000 que o cenário começou a mudar de maneira mais radical.

As padarias começaram a oferecer lanches rápidos, com preços bem convidativos aos seus clientes. Elas também apostaram nos produtos que não estão diretamente ligados aos pães, como café, leite, água, refrigerantes e sucos.

Além de ampliar a variedade de novos sabores e estilos de pães, as padarias também estão cada vez mais versáteis. É comum oferecer almoços e lanches completos, sendo que algumas oferecem até serviço de buffet — o cliente prepara o próprio prato, pagando por pessoa ou pelo sistema de pesagem por quilo.

Devido a esse fato, nos dias de hoje é possível dividir as padarias em quatro categorias diferentes. A seguir, conhece quais são elas!

1.1.1. Padaria Boutique

Costumam estar localizadas nas regiões que concentram pessoas com poder aquisitivo mais elevado. Essas padarias, ou boutique de pães, como são também conhecidas, oferecem produtos de fabricação própria e comercializam itens importados, como embutidos, queijos, vinhos e sobremesas sem glúten e sem lactose, com sabores diferenciados.

1.1.2. Padaria de Serviço

As padarias de serviço são estabelecimentos geralmente encontrados em centros urbanos, ruas movimentadas ou, ainda, regiões com alta concentração de empresas e escritórios. Além da variedade de pães e produtos de confeitaria em geral, elas também oferecem lanches, doces, salgados, refeições rápidas e serviços de bar.

1.1.3. Padaria de Conveniência

Pode-se dizer que a padaria de conveniência é certamente o tipo de comércio de panificação mais comum no Brasil, pois são aquelas encontradas na maioria dos bairros residenciais.

Além de venderem produtos comuns nesse nicho de mercado, também oferecem outros produtos, chegando a um total de até 3000 alimentos diferentes em um mesmo local.

1.1.4. Padaria “Ponto Quente”

Esse modelo de padaria é mais conhecido na Europa, porém, aos poucos está conquistando todo o território nacional. O comércio de panificação conhecido como “Ponto Quente” é um tipo de estabelecimento que oferece alimentos já prontos, ou seja, embalados ou mesmo congelados.

O cliente poder levar os alimentos para casa ou diretamente para o trabalho. A comida pronta também pode ser aquecida e até congelada no próprio local.

1.2. Quais produtos diferenciados podem ser oferecidos?

Conhecer o público-alvo da sua padaria vai ajudar a definir melhor quais os artigos alimentícios que serão vendidos. Você pode optar pelos produtos tradicionais e básicos, ou ainda investir em produtos artesanais, fitness, orgânicos ou com um toque gourmet.

Por exemplo, se a padaria estiver localizada próxima de uma academia de ginástica, os alimentos fitness tendem a ter boa saída. Já as versões orgânicas costumam atrair pessoas mais preocupadas com a saúde e o bem-estar.

Os produtos gourmet atingem pessoas com poder aquisitivo maior, que procuram uma experiência gastronômica diferenciada. Por exemplo, é comum encontrar cupcakes e brownies com sabores diferenciados em padarias que vendem esses produtos.

Os artigos artesanais podem conter todos os diferenciais citados acima e, por isso, têm conquistado um público cada vez maior. Entretanto, saiba que eles apresentam um custo mais elevado, sendo a preferência de quem pode dispor de mais dinheiro para consumi-los.

Do mesmo modo, ao escolher o público-alvo, você vai decidir se servirá refeições no local. Trabalhadores e estudantes costumam optar por lugares que ofereçam almoços, sendo que a padaria poderá suprir essa demanda.

No entanto, a decisão também deve considerar a maneira como você pretende organizar o estabelecimento, pois para servir refeições vai ser preciso ter um espaço maior, com o propósito de distribuir mesas e cadeiras e até um buffet pelo salão.

Então, pense no público e no seu estabelecimento, ok? Assim você decide em quais produtos investir!

2. Como encontrar o seu estilo de padaria?

Muitos são os fatores que vão influenciar no estilo de padaria que você vai montar. Como você pode ver, alguns modelos têm se destacado no mercado atual, portanto, é preciso considerar bem as diferenças entre esses negócios, a fim de perceber o que se encaixa não apenas ao seu perfil de empresário, mas aos outros pontos que vamos mostrar agora. Acompanhe!

2.1. A sua região

Pouco vai adiantar você querer, a todo custo, abrir uma padaria boutique em um local frequentado por um público que não tem poder aquisitivo para comprar esses produtos mais caros.

Da mesma forma, uma padaria Ponto Quente pode não fazer muito sucesso em uma bairro mais tradicional, habitado, em sua grande maioria, por pessoas mais velhas, que prezam por um espaço onde podem ir para escolher os seus produtos sem pressa, selecionando cada pãozinho da cor que mais gosta (mais branco ou mais queimado).

Falaremos mais à frente sobre a importância de analisar a região e o público-alvo de forma correta e aprofundada, não deixe de acompanhar.

2.2. O seu capital de investimento

O valor que você tem para investir no seu sonho também pode ser um fator de grande influência na hora de definir o estilo da sua padaria.

Se esse capital é baixo, pode ser uma boa ideia focar em bairros pequenos, onde a concorrência é menor e a estrutura não precisa ser tão complexa. Nesse tipo de padaria, é possível começar com poucos equipamentos e utensílios, e seguir crescendo por meio do seu trabalho e do seu talento.

3. Como gerir a padaria?

Agora que você viu as diferentes possibilidades de padarias, saiba que cuidar da gestão do seu negócio é um passo importante. Para isso, analisar o mercado é fundamental.

Por meio de uma pesquisa, você vai ser capaz de encontrar um modo de se posicionar ou reposicionar no mercado. E. com os dados obtidos, você poderá avaliar melhor seu plano de negócios.

3.1. O que deve ser pesquisado

O primeiro passo para iniciar uma pesquisa de mercado é obtendo as seguintes informações:

  • demografia — conhecer a faixa etária e o nível de renda de seus clientes;
  • tendências — investigar quais são os produtos mais vendidos em cada estação do ano e quais são os produtos alimentares que “estão na moda”;
  • concorrência — aprender com os concorrentes, seja no sucesso ou no fracasso de seus negócios, e quais são os passos para se destacar diante deles;
  • legislação — pesquisar detalhadamente as leis e regulamentações que regem o comércio de pães, sejam elas municipais, estaduais ou federais.

Depois, é interessante fazer uma projeção detalhada de todas as despesas mensais que envolvem o estabelecimento, como impostos, insumos, aluguel, salários, limpeza, segurança. A dica é calcular o valor total dessas despesas e, posteriormente, calcular o preço de cada produto vendido na padaria para entender seu faturamento e lucro.

Não esqueça de considerar as contas de água, gás e energia elétrica no mês. Também é preciso manter um rigoroso controle de estoque, a fim de que nada falte no local.

4. Qual é a importância de analisar o público-alvo?

Feita a pesquisa de mercado, partimos para entender o público. Falamos um pouco já disso, afinal, satisfazer os anseios do cliente é algo essencial para o sucesso do negócio. Sendo assim, um dos passos mais relevantes para conquistar a credibilidade e obter sucesso é conhecer bem o público-alvo.

Saber quais são as necessidades, os gostos e os desejos dos seus clientes vai permitir que você adapte o negócio a fim de satisfazê-los e até surpreendê-los, aumentando os lucros dos negócios. Portanto, pesquise a clientela e observe os seus hábitos.

Fique atento também aos produtos que costumam ter mais saída e aos que ficam parados nas prateleiras e no estoque. Também descubra quais são os costumes dos clientes e inclua serviços que podem proporcionar conforto e agilidade para eles.

Por exemplo, se a padaria estiver localizada em um bairro que concentra um maior número de idosos, pense na possibilidade de implantar um serviço de entrega em domicílio, com o objetivo de fazer com que eles não precisem ir até a padaria para consumirem os seus pães e bolos!

5. Como escolher a localização ideal para a padaria?

Um outro item importante quando falamos em como montar uma padaria de sucesso é pensar na localização, pois o empreendimento deve ser levado de modo sustentável e atender as pessoas da região.

Logo, se o empreendedor deseja atender um consumidor mais exigente, cujo padrão de vida seja mais elevado, então, deverá escolher um bairro mais nobre da cidade,para ficar mais próximo dele.

No entanto, independentemente do local onde será aberta a padaria, é imprescindível estar atento às normas de saúde, higiene e segurança estabelecidas pela legislação.

Tenha sempre o cliente e mente. Há clientes que costumam comprar pães duas vezes ao dia: pela manhã e à tarde. Já existem outros que trabalham no bairro e, portanto, querem comprar o pãozinho fresco em um horário determinado, sendo fundamental manter fornadas de pães frescos de hora em hora.

Ao conhecer os hábitos da clientela, você vai utilizar as informações para definir qual será a localização do negócio. Então, aposte na logística. Por exemplo, o estabelecimento deve estar localizado no caminho que a pessoa percorre quando vai para o trabalho ou volta para casa.

Também, verifique se a rua tem um fluxo de carros intenso, porque vai ser preciso investir em estacionamento ou, ainda, contratar manobristas ou uma empresa terceirizada que ofereça esse tipo de serviço.

6. Quais são os passos legais para montar a padaria?

Como em qualquer outro tipo de negócio, ao abrir uma padaria, o dono deve estar ciente da documentação necessária, assim como das licenças que precisam ser providenciadas antes de abrir as portas para o público. A seguir, você vai saber o que pede a legislação!

6.1. Documentação

  • CNPJ;
  • IPTU do imóvel;
  • Registro de compra de alimentos;
  • Alvará de funcionamento;
  • Folha espelho do IRPF;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • documentos municipais específicos.

6.2. Licenças

  • Licença da Vigilância Sanitária;
  • Licença do Corpo de Bombeiros Militar.

7. Como montar o ambiente da padaria?

Com a parte jurídica garantida e localização escolhida, você passa para o projeto de construção da padaria.

Ao montar o ambiente da padaria, é preciso compreender o planejamento de ocupação e como usar o espaço. Desse modo, é necessário alinhar os aspectos funcionais, econômicos e estéticos. Também é possível criar um ambiente que seja confortável, eficiente e produtivo tanto para os funcionários quanto para os clientes.

As instalações da cozinha devem ser planejadas para facilitar o fluxo ordenado e sem cruzamentos na preparação de alimentos. Já na área de manipulação, deve haver lavatórios exclusivos para a higienização das mãos, louças e produtos alimentícios.

As luminárias sobre a área de preparação da comida devem ser apropriadas e estar devidamente protegidas contra eventuais quedas e explosões. Além disso, pisos e paredes devem ser revestidos de material lavável.

As portas da cozinha e da dispensa têm que ser dotadas de fechamento automático, assim como os coletores usados para dispor resíduos devem conter tampas abertas sem contato manual. Esses resíduos precisam ser frequentemente coletados e acondicionados em local isolado e fechado.

Quanto ao estoque, ele deve estar próximo à cozinha, sendo que os ingredientes e as embalagens precisam estar em locais arejados e ventilados. As prateleiras devem ser feitas de material liso, impermeável e resistente.

Já o salão principal da padaria deve ser decorado de acordo com o perfil do público-alvo. Se o estabelecimento estiver localizado em uma área nobre da cidade, a dica é investir em móveis mais escuros, como os de mandeira e apostar em uma iluminação mais discreta. Porém, se a clientela é mais popular, opte por cores claras tanto na iluminação quanto nas paredes e mobiliários.

Também é importante destacar que montar uma vitrine de padaria ideal faz parte da decoração do ambiente, porque é por meio dela que o cliente vai se sentir convidado a entrar no local.

8. Como escolher a equipe da padaria?

Escolher a equipe certa pode fazer toda a diferença no atendimento e também no preparo dos alimentos. É muito desagradável ser atendido por um funcionário desmotivado ou desatento. Por outro lado, se você é atendido por uma pessoa disposta e bem atenciosa, certamente vai ter mais chances de voltar ao estabelecimento!

Assim sendo, ter uma equipe capacitada significa aumentar o potencial de vendas, fazendo com que o negócio seja lucrativo e atinja ótimos resultados. A capacitação permite que o funcionário aprenda as técnicas de atendimento — como receber o cliente e como se comportar em situações de emergência.

Também, ele vai poder compreender melhor como funciona o processo de vendas e se atualizar, melhorando seu desempenho. Essa capacitação acontece por meio da frequência em cursos, conferências, palestras e workshops.

Os eventos citados acima são desenvolvidos com o objetivo de ensinar ao profissional as técnicas de interação com os colegas e clientes a fim de melhorar o comportamento e atender melhor a demanda local.

Depois de ter investido na capacitação da equipe, incentive-a a colocarem em prática o que aprenderam. Esteja junto com eles sempre os motivando. Colaboradores motivados a contribuírem de modo positivo no atendimento tornam-se comprometidos com o sucesso do negócio.

Outra dica é investir em cursos de como fazer bolo, ou ainda, especializações de como vender doces. Dessa maneira, você estimula os funcionários a dominarem técnicas aprimoradas de confeitos e, consequentemente, oferecer ao público produtos exclusivos e diferenciados.

Lembre que os funcionários são o cartão de visita da padaria. O estabelecimento que tem ótima reputação costuma atrair mais clientes, pois eles elogiam tanto o serviço quanto o local, seja pessoalmente ou por meio das redes sociais.

Então, invista na avaliação da equipe, observando quem está realmente empenhado para trazer sucesso ao negócio. Se perceber algo errado, não deixe de tomar providências, realinhando e orientando os funcionários sempre com o intuito de motivá-los.

9. Quais são os equipamentos e investimentos para a padaria?

Os utensílios e equipamentos que devem ser adquiridos podem variar de acordo com o porte do estabelecimento. Entretanto, alguns deles são essenciais em padarias e confeitarias. Confira os mais importantes:

  • fornos e amassadeiras;
  • modeladora;
  • cilindro;
  • divisora de mesa;
  • mesa de preparo;
  • armários de fermentação;
  • balança medidora;
  • assadeiras e formas;
  • batedeira profissional;
  • esteiras e resfriador;
  • câmara de crescimento;
  • balcões;
  • balcão refrigerador;
  • geladeira e freezer vertical;
  • fatiadeiras;
  • medidores;
  • xícaras, taças e copos;
  • pratos e pires;
  • talheres.

Além disso, você também vai precisar adquirir equipamentos e acessórios para escritório, tais como:

  • computador;
  • mesa;
  • cadeira;
  • telefone.

Não esqueça que a padaria também vai precisar de um veículo de transporte, cujo propósito é buscar mercadorias e fazer entregas, entre outras funções.

Para abrir um estabelecimento de pequeno porte, você vai precisar dispor de um capital inicial, que gire em torno de 70 mil reais. No entanto, se o negócio for de médio ou grande porte, o valor inicial ficará em torno de 200 mil reais, para que haja uma boa variedade no mix de serviços e produtos oferecidos no estabelecimento.

Seja para comprar uma franquia, comprar uma padaria já existente, ou ainda montar uma do zero, vai ser necessário investir em um bom plano de negócios com o objetivo de avaliar a viabilidade e o futuro retorno do investimento.

10. Como encontrar bons fornecedores?

Não há dúvidas que os clientes procuram por qualidade tanto nos produtos oferecidos quanto no atendimento do local! Por isso, para ter uma padaria de sucesso, é preciso escolher com atenção os fornecedores para obter excelentes resultados.

Do mesmo modo que acontece nos negócios de outras áreas, procurar preços competitivos é fundamental. Contudo, tenha cuidado com o valor do produto, afinal a qualidade deve vir em primeiro lugar. Também verifique as condições de pagamento que o fornecedor propõe aos seus clientes. Lembre da famosa frase: “o barato sai caro”!

A dica é pesquisar não somente os melhores preços do mercado, mas também fornecedores que tenham tradição e são reconhecidos por oferecerem produtos de qualidade.

Além disso, importe-se com os prazos de entrega da empresa, porque você não pode ficar sem matéria-prima. O cliente não gosta de chegar ao local e não encontrar aquilo que procura!

11. Como divulgar o seu novo negócio?

Tudo certo em relação à parte física, por assim dizer, da sua padaria: estilo, local, estrutura etc. O trabalho, inclusive, já está pronto para começar — ou já começou! Mas pode estar faltando apenas um detalhe fundamental para o sucesso: os clientes.

Muitos empresários correm grandes riscos ao simplesmente abrir uma padaria e esperar que o próprio estabelecimento atraia os consumidores. Na verdade, foi-se o tempo em que bastava o aroma irresistível do pão quentinho para que as pessoas fossem puxadas para dentro do local.

Hoje em dia, além da concorrência acirrada, a grande maioria das pessoas vive apressada ou com mil coisas na cabeça (quando não os dois), e podem passar todos os dias na frente da sua padaria sem nem perceber que ali foi aberto um novo negócio.

Caso notem, não será espantoso se pensarem coisas como “não conheço esse lugar”, “nunca ouvi falar”, e, portanto, acabarem não tendo o impulso de entrar.

Por todos esses motivos, é preciso apostar em uma boa divulgação, a fim de mostrar para o seu público-alvo que o seu empreendimento é incrível, tem produtos que o interessa e preço justo. Vale lembrar que, atualmente, uma divulgação eficiente não precisa, necessariamente, de um grande investimento financeiro — afinal, você já gastou bastante até aqui e pode não ter restado muito. Veja, então, o que fazer!

11.1 Aposte nas redes sociais

É difícil encontrar uma pessoa que não esteja presente em, pelo menos, uma rede social, não é verdade? Um bom primeiro passo para ser visto é criar os perfis profissionais da sua padaria nas redes mais populares — como o Facebook e o Instagram.

Perfil criado, dedique-se a alimentá-lo por alguns dias antes de já seguir na caça dos seus clientes virtuais. Isso porque quando uma pessoa é adcionada, instantaneamente ela vai ver o perfil de quem a adcionou. No caso de um perfil empresarial, ela quer ver o que o negócio faz e como faz. Ou seja, ela vai querer conhecer o seu espaço, os seus produtos e, até mesmo, os seus preços.

Caso o seu perfil esteja vazio, sem informações e fotos, as chances de esse consumidor em potencial nem aceitar o seu convite é grande.

Então, capriche nas fotos do local, dos produtos, divulgue algumas promoções de inauguração — e até mesmo um pequeno cardápio, e, a partir daí, comece a procurar por pessoas que tenham o perfil do seu público, como moradores da cidade, pessoas que seguem outras padarias etc.

11.2 Não esqueça da mídia local

Outras formas de divulgação que trazem bons resultados e que têm um preço bastante atraente são as mídias locais, como faixas de rua nas mediações da sua padaria e anúncios em revistas e jornais locais (de bairros ou da cidade, caso seja um município menor).

11.3 Faça parcerias e eventos

Acontece alguma feira ou evento gastronômico no seu bairro ou cidade? Esteja presente por lá, com uma barraquinha ou uma simples distribuição gratuita de algum produto que você considera um grande diferencial da sua padaria — como um bolo de banana que ninguém mais faz!

Vai acontecer um evento no clube, como a final de um campeonato? Busque uma parceria, oferencendo-se para vender alguns produtos no grande dia que tenham a ver com o público, como sanduíches saudáveis ou sucos.

Lembre-se que tão importante quanto ser notado é ser reconhecido pela qualidade e sabor dos seus produtos, e, para tanto, é fundamental buscar oportunidades de mostrá-los.

12. Por que apostar nos apps e no delivery?

Os aplicativos de comida realmente vieram para ficar. Cada vez mais, as pessoas estão se rendendo à comodidade de ter os seus pratos preferidos na palma da mão: não é mais preciso telefonar, perguntar pelas opções disponíveis, soletrar o endereço e, nem mesmo, ter dinheiro em mãos.

Os restaurantes, as pizzarias e as lanchonetes já percebeceram isso há mais tempo, mas as padarias não estão ficando para trás. A pandemia do coronavírus aumentou ainda mais esse hábito, tendo em vista que vender por meio dos apps seria a única forma de continuar ativo no mercado.

Junto aos aplicativos, a comodidade do serviço de delivery também conquistou adeptos fieis, especialmente nas cidades onde o trânsito é uma constante — ou seja, quase todas. Cansados de dirigirem o dia todo, os consumidores mal consideram sair de casa para mais uma jornada dentro do carro.

Nesse cenário, o delivery é mesmo uma excelente opção tanto para quem compra como para quem vende, pois ao apostar na entrega, pode-se investir um pouco menos no espaço para as refeições feitas na sua padaria (em relação à quantidade de lugares, não ao conforto e qualidade de forma geral).

13. Quais são os benefícios de uma boa consultoria para padaria?

É importante destacar que, quando o assunto é como montar uma padaria, o empreendedor vai necessitar ter ao seu lado uma excelente consultoria. Existem empresas especializadas nesse tipo de assessoria, com o propósito de auxiliar na gestão do negócio.

Elas dispõem de uma equipe especializada em questões administrativas e contábeis para ajudar o dono do empreendimento a obter mais lucros, assim como minimizar os erros que podem ocorrer no meio do caminho.

Portanto, pesquise quais são as empresas que podem oferecer uma consultoria diferenciada e segura para o seu negócio. Desse modo, você estará bem assessorado para enfrentar o dia a dia do mundo dos negócios!

Montar seu negócio próprio pode parecer difícil e um tanto complexo, mas é possível se você seguir um planejamento estratégico simples mas bem elaborado a fim de que a padaria se torne um sucesso.

Como já dissemos acima, investir em pesquisas é algo extremamente necessário, pois é parte essencial de um bom planejamento. O resultado é unir o que está se oferecendo aos desejos do público consumidor.

Além disso, dar atenção total ao orçamento de equipamentos e insumos e ter uma definição clara de gestão administrativa torna-se fundamental para que a empresa encontre o seu lugar em um mercado tão competitivo.

Gostou das nossas dicas de como fazer uma padaria de sucesso? Esperamos ter ajudado e que você possa seguir o passo a passo na direção certa, da conquista dos clientes e, claro, dos lucros! Boa sorte e boas vendas!

As nossas dicas foram úteis? Já colocou algumas delas em prática? Deixe o seu comentário no post. Queremos saber sua opinião!

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Como fidelizar clientes: elabore uma programa de fidelizaçãoChef Center Blog abril 14, 2020 at 10:02 am

    […] cliente fiel é sinônimo do sucesso do seu negócio, e disso não há o que questionar. Entretanto, o que é preciso fazer para aprender como fidelizar […]

  • Deixe uma resposta

    %d blogueiros gostam disto: