Curiosidades

A sobremesa perfeita: saiba como tirar o cheiro de ovo das receitas

outubro 14, 2019

Tirar cheiro de ovo de uma sobremesa pode ser um grande desafio, mas que é preciso enfrentar, afinal, o aroma forte do ingrediente pode por todo o seu trabalho a perder. Imagine, por exemplo, um quindim onde o cheiro do ovo se sobressai a todos os outros? Ou, então, aquele rocambole belíssimo, mas que, quando você chega perto, os ovos predominam, atrapalhando toda a receita?

Por mais que, no sabor, o ingrediente não esteja em destaque, o nosso olfato tem grande participação na degustação de um alimento, e se o cheiro não for agradável, não tem jeito.

Porém, será que não tem jeito mesmo? Se a sobremesa já está pronta, tem como consertar? E como evitar que isso aconteça? Veja abaixo todos os segredos sobre o assunto.

Por que isso acontece?

Um pouco de conhecimento em química pode nos ajudar a responder essa questão. O ovo é composto por clara e gema, certo? O principal componente da clara é o enxofre, conhecido pelo seu cheiro forte. Já a gema tem como principal componente o ferro. 

Quando esses dois elementos se encontram, a reação química acontece, e o cheiro deles (que já são fortes o suficiente sozinhos) ficam ainda mais predominantes. Se expostos a altas temperaturas, ou seja, dentro de um forno, o efeito é ainda maior.

Uma curiosidade extra: você sabia que é por causa desses dois ingredientes — o enxofre e o ferro — que as gemas podem ficar verdes quando cozidas?

Como tirar cheiro de ovo das suas receitas?

Isso quer dizer que o cheiro forte de ovo nos seus bolos e sobremesas é uma reação natural e esperada, mas não inevitável. Anote, agora mesmo, algumas dicas de como evitar esse efeito e ter sempre um produto final perfeito.

Use ovos frescos

Assim como quase todos os ingredientes da confeitaria e da culinária, os produtos frescos garantem os melhores resultados. No caso dos ovos, o armazenamento, mesmo que dentro da geladeira, faz com que o produto perca qualidade e ganhe um cheiro mais forte. Portanto, fique sempre de olho na validade informada na embalagem.

Porém, também há outro fator que pode colocar em dúvida o frescor dos ovos: será que, antes de chegarem até a sua casa, eles foram armazenados e transportados corretamente? Será que estão mesmo próprios para o consumo?

Para fazer o teste, coloque o ovo dentro de um copo com água. Se ele afundar, mostrando-se mais denso, ele está fresco. Se subir um pouco, não é tão novo, mas ainda está bom para ser consumido. Se boiar totalmente, é hora de jogá-lo fora.

Evite ovos caipiras

Repletos de nutrientes e com uma qualidade superior, os ovos caipiras estão se tornando os queridinhos de muitas pessoas, mas eles não são a melhor opção para as suas receitas de confeitaria. Isso porque eles naturalmente têm o cheiro mais forte do que os ovos de granja — e o resultado desse aroma vai direto para as suas preparações.

Tire a membrana da gema

Essa é uma solução eficiente tanto para os ovos de granja quanto para os caipiras. O motivo é que a maior parte do cheiro do ovo está na pele da gema. 

Para realizar esse processo sem prejudicar o ingrediente, quebre o ovo, separe a clara da gema e passe a gema por uma peneira (sem apertar demais, para que a pele não escorra). A membrana ficará na peneira e você poderá usar o restante com mais segurança.

Tenha paciência

Assim como o cheiro de ovo pode ficar mais acentuado por causa da alta temperatura do forno, o mesmo pode ocorrer se o tempo da receita não for respeitado. Por isso, alguns truques são essenciais:

  • durante o preparo da receita, bata os ovos por, no mínimo, 10 minutos, em velocidade alta, para quebrar as moléculas. Além de deixar o bolo mais fofinho, a aeração do ovo disfarça o odor;
  • não abra o forno em menos de 20 minutos, para que o ovo possa estruturar corretamente;
  • siga o tempo determinado na receita, pois uma receita crua destaca o cheiro do ovo.​

Neutralize o cheiro do ovo

A regra é clara: quanto mais ovos forem utilizados, maior é a probabilidade do cheirinho se destacar — e a dificuldade de evitá-lo também aumenta. Então, que tal neutralizar?

Cinco gotinhas de limão são suficientes para tirar o cheiro do ovo sem interferir no sabor da sua sobremesa. Se a receita for doce, utilize essência de baunilha: 1 colher de chá de essência a cada 2 ovos.

É possível consertar o aroma forte?

Retirar o cheiro do produto final não é possível, mas dá, sim, para disfarçar e aproveitar tudo sem desperdício — basta usar a sua criatividade.

Se o problema ocorreu na massa daquele rocambole que falamos lá no início deste texto, aproveite o pão de ló e faça uma calda mais líquida, que seja capaz de penetrar na superfície. Limão, laranja, chocolate e goiaba são deliciosas opções para uma receita bem molhadinha.

Outra opção é utilizar a massa com cheiro de ovo no preparo de um pavê. A lógica é a mesma: o creme e a calda vão penetrar na massa e esconder o cheiro do ovo.

Infelizmente, o aroma forte de ovo em uma massa, sobremesa ou creme de confeiteiro pode acontecer nas melhores cozinhas, e o cuidado deve acontecer na hora do preparo. Depois de pronto, não adianta chorar muito pelo cheiro espalhado. O que vale, nesses momentos, é manter a calma, usar a sua experiência e criatividade para transformar o problema em uma sobremesa deliciosa.

Isso quer dizer que tão importante quanto saber como tirar cheiro de ovo é estar pronto para remediar a situação, se preciso for. Quem sabe você não acaba criando uma receita totalmente nova e personalizada? No universo da confeitaria, muitas coisas nasceram exatamente assim.

Como falamos, uma das grandes salvações para as receitas com cheiro de ovo são as caldas e coberturas. Por isso, separamos este texto com diferentes tipos de cobertura para bolo que você precisa conhecer. Boa leitura!

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: