Técnicas

Como fazer temperagem de chocolate de forma simples?

janeiro 15, 2020

O sonho de todo chocolatier é preparar uma barra de chocolate de alta qualidade, brilhante e resistente ao calor. Mas, você sabia que tais características são obtidas por meio da temperagem? Afinal, saber temperar o chocolate é uma condição fundamental para que o produto final fique perfeito. 

A técnica de temperagem consiste em transformar o chocolate derretido em um estado parcialmente cristalizado tanto para a modelagem quanto para a cobertura. Ou seja, deve-se gerar uma estrutura própria de cristais na manteiga de cacau, a fim de provocar um choque térmico na iguaria.

Quer saber mais sobre a temperagem do chocolate? Acompanhe a leitura e descubra como fazer o processo de maneira simples e eficaz!

A importância da temperagem 

A produção de um excelente chocolate envolve não apenas a seleção e o processamento de ingredientes, mas também o ato de fazer a temperagem de modo correto.

Essa técnica permite que as gorduras da manteiga de cacau se solidifiquem na maneira ideal e formem uma barra de chocolate firme, brilhante, e resistente ao toque. 

Princípios da temperagem

Podemos dizer que a temperagem é a produção de cristais no formato e na quantidade adequada para fazer com que o restante do chocolate derretido seja solidificado na mesma forma. Logo, é possível obter um produto perfeito. 

Para realizar o processo, é necessário aquecer o chocolate a uma temperatura em que os cristais sejam derretidos (45-50 °C). Na sequência, ele deve ser resfriado a uma temperatura que produza cristais Beta V estáveis (27 °C) para depois reaquecer ligeiramente a massa a fim de derreter todos os cristais instáveis (30-32 °C) — deixando o chocolate somente com cristais na forma

Itens necessários 

Para fazer a temperagem correta é preciso ter em mãos os utensílios específicos para efetuar o processo com sucesso. A seguir, saiba quais são eles:

  • termômetro: o controle preciso das temperaturas do chocolate é imprescindível para obter a temperagem ideal;
  • tigelas: no mínimo quatro, que se encaixem;
  • formas: item necessário para moldar o chocolate;
  • panela: para fazer o banho maria;
  • espátula: para mexer .

Temperagem manual do chocolate 

O primeiro passo é derreter o chocolate em banho-maria até ficar em 45 ºC. É importante ressaltar que, caso ultrapasse essa marca, não há problema algum, pois é possível aquecê-lo até 70 °C sem queimar.

Em seguida, despeje 2/3 do produto em outro vasilhame e reserve o restante. Para manter a temperatura certa, você pode deixá-lo em uma tigela com água morna (32-35 °C). Coloque o recipiente com 2/3 do chocolate em banho-maria com água fria para resfriar o ingrediente (15 °C e 20 °C).

Mexa o chocolate até a temperatura ficar em torno de 27 °C. A massa vai se tornar mais espessa, sinalizando que os cristais foram criados com sucesso. Aqui, o chocolate já apresenta cristais estáveis e instáveis formados e necessita ser reaquecido para que mantenha somente os estáveis.

Adicione 1/3 do produto aquecido (aquele que você reservou) aos 2/3 já resfriados aos poucos até a temperatura subir para 30 °C. Despeje o chocolate em formas de policarbonato ou placas de textura com cuidado, pois os cristais são delicados. Deixe esfriar e desenforme.

Tipos de temperagem

Conheça quais são os tipos de temperagem de chocolate mais usados em confeitarias e eleja o melhor para a sua cozinha!

Seed Tempering

Temperar o chocolate com manteiga de cacau é adicionar os cristais diretamente ao chocolate antes de criá-los com o choque térmico. Logo, podemos dizer que é utilizada alguma fonte de manteiga de cacau externa. O método facilita o processo por eliminar a necessidade de ter um controle preciso de temperatura para criar os cristais Beta V. 

A gordura da manteiga de cacau apresenta a característica de se solidificar na forma de cristal durante seu processo de resfriamento final. Aqui, é importante não resfriar muito o chocolate na temperagem, porque cristais instáveis podem se formar. 

Temperagem Silk

A conhecida temperagem Silk nada mais é do que a manteiga de cacau temperada. A ideia é alimentar o chocolate derretido com uma quantidade de cristais beta V para obter a cristalização sem ter de trabalhar na curva de temperagem.

Portanto, nunca derreta o Silk de maneira direta, pois vai acabar com a têmpera e sua utilidade. Rale finamente na proporção de 1% de Silk em relação à quantidade de chocolate que você está trabalhando. Por exemplo, se você tempera 2kg de chocolate, use 20g de Silk

Lembre-se de não deixar a temperatura menor que 32 °C após o derretimento, tendo em vista que o produto pode se tornar um tanto viscoso. Caso o chocolate não se encontre na temperatura ideal (34,5 °C), ela não vai derreter completamente, deixando a temperatura abaixo de 32 °C. Em ambos os casos, reaqueça a massa derretida e não ultrapasse os 33,8 °C.

Temperagem Tablage

O método Tablage deve derreter o chocolate a 45-50 ºC em banho-maria ou no micro-ondas. Em seguida, despeje 70% do chocolate sobre o mármore e trabalhe a massa até que ela chegue a 26 ºC. Com o auxílio de uma espátula movimente tanto de um lado quanto do outro até que o ingrediente atinja a temperatura a temperatura recomendada. Assim que atingir a temperatura, devolva o produto na vasilha e misture com os 30% restantes.

Temperagem Banho-Maria Inverso

No banho-maria você vai precisar derreter o chocolate em torno de 45 ºC no fogão ou no micro-ondas. Coloque o vasilhame com o chocolate que já está derretido sobre outra tigela com água fria. Misture até atingir a temperatura ideal. Apenas tenha cuidado para que a água não respingue no chocolate, a fim de comprometer a qualidade do artigo final.

Até aqui você pôde aprender mais sobre os tipos de temperagem e os métodos utilizados pelos confeiteiros. Desse modo, é possível aproveitar as nossas dicas e preparar os melhores confeitos na sua cozinha para agradar os mais exigentes paladares, seja para seus clientes ou para a família e amigos. Então, mãos à obra e sucesso sempre!

Se gostou deste artigo, compartilhe com os seus amigos nas redes sociais para que eles também possam conhecer os segredos de uma boa temperagem!

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: