Empreendedorismo

Saiba o que considerar ao escolher fornecedores de alimentos para confeitaria

fevereiro 27, 2020

Você já parou para pensar na responsabilidade que tem na hora de escolher fornecedores de alimentos para confeitaria? Por se tratarem de produtos destinados à alimentação, é indispensável que todos os ingredientes sejam de qualidade e procedência extremamente seguras e confiáveis.

Ao garantir isso, você estará preservando dois fatores cruciais para a sua empresa. Primeiro, claramente, a saúde dos seus clientes. É indiscutível que tudo o que sai da sua cozinha esteja próprio para o consumo, produzido dentro das normas de higiene e a partir de matérias-primas de qualidade, bem conservadas e dentro do prazo de validade.

Em segundo, está a imagem do seu negócio. Imagine se um lote de produtos seu é vendido com algum problema e vários de seus consumidores passam mal? Além de você perder esses clientes para sempre, em poucos minutos, a sua imagem pode estar comprometida na sua cidade e nas redes sociais, em uma situação difícil de reverter.

Percebeu a importância de contar com os melhores fornecedores, mas ainda não sabe quais fatores devem ser considerados na hora de firmar essas parcerias? Confira agora mesmo!

Indicações

Como dissemos, a qualidade dos fornecedores com os quais a sua empresa faz negócio vai influenciar diretamente na qualidade do que você oferece aos seus próprios clientes.

Imaginando um cenário desfavorável como o que citamos mais acima, onde os seus clientes passam mal depois de ingerirem um produto seu, de nada vai adiantar culpar um ingrediente entregue por um fornecedor. Ainda que esse seja o caso, você é o responsável — e a imagem do seu negócio vai pagar por isso. Sem contar que podem haver problemas mais graves, como judiciais.

Por isso, todo cuidado é pouco. Mas se você não conhece bons fornecedores para determinadas matérias-primas que está buscando, uma boa dica é pedir indicações para outros profissionais ou pessoas conhecidas.

Se, ainda assim, você não conhecer pessoas do ramo que possam lhe ajudar, hoje em dia, é possível criar uma boa rede de contatos por meio da internet: busque nas redes sociais por profissionais que o inspirem, por exemplo, e comece a seguí-los. Essas pessoas, geralmente, possuem bons fornecedores e podem dar dicas de como encontrá-los. Além disso, por meio de publicidades pagas, elas podem fazer parcerias com empresas que sejam interessantes para o seu negócio — com o aval deste profissional reconhecido.

Outra possibilidade é entrar em contato com empresas que oferecem cursos de confeitaria e panificação. Geralmente, elas mesmas possuem um bom catálogo de produtos ou, ao menos, vão saber indicar bons profissionais.

Prazos de entrega

Se você já trabalha nesse ramo e por encomenda, sabe que uma corrida contra o tempo começa assim que um novo pedido é fechado. Se o seu giro é grande, é possível manter no estoque algumas matérias-primas não-perecíveis ou com a data de validade mais extensa, como corantes ou papéis de arroz.

Mas alguns ingredientes precisam ser utlizados frescos e, nem sempre, eles são encontrados facilmente nos supermercados, como ovos ou leite. Por isso, é fundamental conhecer os prazos de entrega dos fornecedores com os quais pretende lidar. Dessa forma, você não vai ficar na mão nem prejudicar a sua produção por causa de algum atraso.

Ao optar por comprar pela internet, tenha em mente que, quanto mais perto de você esse fornecedor estiver, maiores são as chances de os produtos chegarem mais rapidamente. Mas isso não é uma regra. Considere os grandes fornecedores também, com mais experiência de mercado e renome, e avalie os prazos — se não atendê-lo, entre em contato com a equipe de atendimento e tente melhorar a situação. O pagamento de uma entrega expressa também pode ajudar.

Preços

Com a vasta concorrência encontrada em todos os setores de negócios, atualmente, é possível encontrar todo tipo de produto, por todo tipo de preço. É claro que o custo precisa ser considerado ao fechar as suas parcerias, mas ele não deve ser primordial, afinal, estamos falando de alimentação, onde a qualidade da matéria-prima é diretamente responsável pela qualidade do seu próprio produto final.

De que adianta, por exemplo, economizar um pouco no preço do chocolate e ter um bolo com qualidade inferior, que não vai agradar o cliente? Você economizou dessa vez, mas, provavelmente, vai perder o cliente e não ganhar os seus convidados que provaram o bolo. Lembre que cada um dos seus produtos atua como um cartão de visitas: todos precisam estar impecáveis, tanto na apresentação quanto no sabor.

Logo, busque, sim, economizar, mas não é necessário sair da margem de lucro que você certamente estabeleceu ao definir os preços das suas mercadorias.

Custo-benefício

A esse cálculo que acabamos de citar damos o nome de custo-benefício. E esse fator vai muito além do preço, e envolve tudo o que é preciso para que o seu produto seja entregue nas mãos do seu cliente, da melhor forma. Qualidade e procedência da matéria-prima, variedade, embalagens, prazos de entrega e formas de pagamento são alguns benefícios que devem ser considerados juntamente ao fator custo na hora de firmar as suas parcerias.

Como dissemos, um ingrediente com bom preço, mas que chega depois do prazo combinado pode prejudicá-lo bastante. Ainda, um fornecedor com bom preço, mas que oferece poucas opções, vai fazer com que você precise ir em outros lugares completar a sua lista, aumentando os custos com combustível ou frete (no caso das compras pela internet).

Ou seja, coloque tudo o que precisa constantemente em um papel e tire um tempo para selecionar esses fornecedores, avaliando o que cada um tem a oferecer, as suas vantagens, desvantagens e o custo final de cada um.

Encontrar fornecedores de alimentos para confeitaria é, sim, um desafio, especialmente pelos cuidados redobrados que é preciso ter com a qualidade das matérias-primas dos alimentos, mas com um pouco de dedicação e planejamento é possível encontrar as melhores parcerias para o seu negócio, garantindo a segurança e a satisfação dos seus clientes, assim como a prosperidade da sua empresa.

Esperamos que este conteúdo tenha esclarecido as suas dúvidas. Se você está abrindo o seu próprio negócio, veja, agora, como montar uma padaria de sucesso!

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: