Dicas

Refeições fora de casa: como implementar suas tendências no negócio?

maio 15, 2020
refeições fora de casa

Fazer as refeições fora de casa já é um hábito enraizado na cultura da população brasileira. Afinal, na rotina habitual (e bastante corrida) de trabalho, muitas pessoas não têm condições de voltar para as suas casas na hora do almoço ou de levarem os seus alimentos para comerem na empresa.

O que tem mudado nesse setor é o local onde essas pessoas estão fazendo as suas refeições: além dos tradicionais restaurantes, as padarias estão investindo nese nicho — e lucrando bastante. Os motivos são vários: entre eles, podemos considerar que as padarias já têm uma boa infraestrutura montada para produzir esse tipo de alimento, além da equipe já especializada em cozinha.

O espaço também costuma ser favorável, afinal, grande parte das padarias já tem uma área com mesas e buffet para servir café de manhã, brunch e lanches. Ou seja, bastam apenas algumas adaptações na hora do almoço e no final da tarde para atrair mais clientes e atender a essa necessidade.

Se restou, agora, a dúvida sobre o que servir, continue lendo este texto e confira as tendências de refeições feitas fora de casa para implementar no seu negócio!

As principais tendências do mercado de refeições fora de casa

Autoatendimento

Como dito, a vida tão corrida tem acelerado, também, o crescimento desse mercado de refeições fora de casa. As pessoas não só não têm tempo para voltarem para casa, como costumam ter poucos minutos para se alimentarem.

Por isso, quanto menos tempo for preciso para fazer o pedido e receber a comida, melhor. Fila, então, nem pensar!

O autoatendimento tem sido uma estratégia bastante eficiente para esse público: por meio de ferramentas tecnológicas, como totens ou tablets instalados em frente ao estabelecimento, o consumidor faz o seu pedido diretamente na tela, efetua o pagamento, e vai buscar no balcão — sem nenhuma perda de tempo ou interação com outras pessoas.

Cardápios versáteis

Um local, seja ele um restaurante ou uma padaria, que se propõe a oferecer diversas opções de alimentos, com um cardápio muito extenso, precisa de uma grande infraestrutura e equipe, não é mesmo?

Mas saiba que esse excesso não é preciso para que a sua padaria consiga oferecer tudo o que o cliente precisa. Simplificar os cardápios é uma forma excelente de garantir mais eficiência no atendimento, tendo em vista que apenas alguns pratos são preparados por dia. Além disso, ao não se dipersar em meio a tantas opções, é possível focar e caprichar naquilo que está sendo preparado, garantindo a qualidade superior das refeições.

Por fim, o cliente também agradece por não ter que perder tempo em meio a um cardápio vasto nem por desperdiçar comida, quando as refeições são servidas em porções menores (e com menor custo, é claro).

Pratos saudáveis

A preferência por uma alimentação mais saudável está aumentando nos últimos tempos. Nada impede que a sua padaria ofereça alimentos que são tradicionais nos pratos dos brasileiros, como arroz, feijão, macarrão e carne.

Mas além deles, acrescente algumas opções integrais que vão fazer pouca diferença no seu custo (como o próprio arroz e macarrão) e serão capazes de atrair essa clientela mais preocupada com a saúde.

Além disso, tenha, diariamente, uma opção proteica vegetariana e capriche nas saladas — tanto quente quanto frias.

Se também trabalha com o jantar, opte por pratos mais leves e práticos, como sanduíches naturais, massas e sopas frias (ou caldos, nos dias mais quentes).

Por fim, fique sempre atento à quantidade de gordura e de sal utilizados nos alimentos: vilões da boa saúde, eles podem ser substituídos por opções mais conscientes, como temperos e ervas, e vão agradar em cheio os seus clientes.

Serviços de delivery

Novamente, a falta de tempo é um fator decisivo no dia a dia das pessoas que querem se alimentar com qualidade. Muitas delas não só não conseguem voltar para casa, como mal têm tempo de saírem para comer. Por isso, oferecer a opção de delivery é fundamental para quem quer aumentar o seu alcance.

O valor da entrega pode ser um entrave, então, busque alternativas criativas para que o serviço seja bom para os dois lados: somando três ou mais pedidos juntos (de três colegas de trabalho, por exemplo), a entrega é grátis. Ou, então, ofereça um desconto fora do seu horário de pico — dessa forma, a sua equipe — e também os alimentos — não ficam parados, e aumenta a possibilidade de conquistar novos clientes.

Produtos artesanais

Assim como as pessoas têm evitado a ingestão de sal e gordura em excesso, os alimentos industrializados também estão na lista negra de muita gente. Embutidos, nuggets, molhos prontos, sucos artificiais e muitos outros produtos podem afastar os consumidores.

Com um pouco de planejamento e criatividade, é possível substituir essas opções menos saudáveis por outras bem mais naturais. Além de mostrar a preocupação da sua marca com a saúde dos clientes, essa atitude vai atrair uma grande parcela da clientela que se atenta a esses fatores.

As formas de se planejar e de servir

Como dito, planejamento, conhecimento na cozinha e olhos atentos ao mercado vão fazer a diferença no seu novo empreendimento de refeições. Para começar, avalie as preferências do seu público e produza poucas quantidades, a fim de evitar desperdício. Até mesmo uma pesquisa prévia ou nos primeiros dias, questionando sobre o que os clientes acharam da comida e do que sentiram falta, é válida.

As embalagens, caso você opte pelo delivery, também são fundamentais para o sucesso do seu negócio. Afinal, elas precisam aliar segurança com qualidade, ou seja, chegarem intactas ao seu destino, mantendo a temperatura ideal o máximo possível. Fique atento ainda a recipientes para molhos e talheres, que vão depender do tipo de comida que você serve. Lembre-se que, primeiro, comemos com os olhos, e a embalagem precisa despertar essa vontade, realçando os alimentos e mantendo-os organizados.

As refeições fora de casa são, claramente, uma grande aposta para negócios como padarias — que estão sempre bem localizadas e têm uma ótima infraestrutura para atender ao público. Com poucas adaptações, pesquisa e um bom planejamento, o seu sucesso está garantido!

E então, este texto inspirou você a empreender? Se ainda está pensando em abrir (ou não) uma padaria, o nosso próximo artigo aborda informações importantes sobre o tema. Boa leitura!

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: