Receitas

Conhece a confeitaria funcional? Veja porque investir nesse negócio!

junho 9, 2020
confeitaria funcional

A confeitaria é o ramo da alimentação mais responsabilizado por problemas de saúde relacionados ao consumo exagerado de alimentos pouco saudáveis. As delícias feitas por confeiteiros são uma tentação para todos, principalmente para aqueles com dieta restrita. Esse é um dos motivos para o crescimento da confeitaria funcional.

Mas não é o único. A confeitaria funcional também está possibilitando o desenvolvimento de técnicas mais naturais e saudáveis para a produção de alimentos. Nesse conteúdo você entenderá melhor esse ramo e porque ele tem crescido na preferência do público. Então, continue a leitura!

O que é confeitaria funcional?

A confeitaria funcional é aquela que se propõe a produzir receitas gostosas, bonitas e bem apresentadas, assim como a convencional, mas sem a utilização de ingredientes e procedimentos artificiais. Se acredita que isso torna o confeito mais saudável pela ausência do excesso de açúcar e outras substâncias nocivas.

Alguns conservantes, estabilizantes, corantes e aromatizantes, quando consumidos com exagero, podem causar problemas graves de saúde. Além disso, o sabor conseguido por meio de processos naturais é incomparável. Vejamos como a confeitaria funcional se difere da convencional.

Permite processos orgânicos

A fermentação de pães e bolos pode ser acelerada ou ampliada com o uso de fermentos artificiais. Mas isso tem um preço. A digestão de alimentos que tenham sido produzidos assim é mais pesada e fornece menos nutrientes para o organismo. Além disso, substâncias nocivas podem ser produzidas no processo.

A confeitaria funcional privilegia o uso de técnicas naturais de fermentação e a abstenção de corantes artificiais. Para isso, recorre-se a procedimentos mais demorados e reações químicas mais lentas, e também à utilização de corantes naturais.

Não utiliza farinha branca

A farinha branca é um dos grandes vilões da alimentação no mundo. Ela é responsável pelo aumento dos níveis de açúcar no sangue das pessoas, o que favorece o surgimento de doenças graves como as diabetes e a obesidade. Isso ocorre pelo refinamento, que potencializa a concentração de agentes nocivos.

Na confeitaria funcional se utiliza apenas farinha integral. Assim, consegue-se um maior equilíbrio entre as substâncias que alimentam, que dão sabor e que fazem mal à saúde. Com isso se consegue um alimento mais completo nutricionalmente e que fornece uma alimentação mais eficiente para o corpo.

Não utiliza açúcar

Com o crescimento da produção de alimentos industrializados na última década, houve um aumento drástico no consumo de açúcares. Isso porque ele é utilizado na engenharia dos alimentos para conseguir respostas na fisiologia cerebral das pessoas que as levam a comer mais do que necessitam.

É importante compreender que a referência aqui é apenas a adição de açúcar industrial nos alimentos. Os açucares estão presentes naturalmente em diversas formas na natureza. É possível, sim, conseguir sabores bastante adocicados sem a necessidade de se acrescentar açúcar industrializado.

Confeitaria funcional e o equilíbrio entre saúde e prazer de comer: é possível?

O objetivo desse tipo de alimentação é dar um passo no sentido de melhorar a saúde das pessoas a partir do consumo de alimentos mais saudáveis e mais ricos nutricionalmente. Mas isso não significa que a comida não pode ser gostosa, principalmente quando falamos em confeitaria.

A confeitaria é o ramo da cozinha que se dedica ao prazer de comer. E isso também é verdade na confeitaria funcional. Não se engane, é possível seguir todas essas diretrizes e mesmo assim conseguir fazer alimentos deliciosos e bonitos, que podem ser consumidos sem culpa, desde que com moderação.

Como esse mercado tem se desenvolvido?

Esse mercado vem crescendo rapidamente, principalmente em razão de uma maior conscientização das pessoas sobre os malefícios de alimentos processados e industrializados. Além disso, os problemas de saúde relacionados com a alimentação têm se tornado uma epidemia mundial.

A confeitaria funcional é muito necessária, justamente para propiciar às pessoas que desejam se alimentar com mais qualidade os bons momentos que somente os confeitos podem dar. No entanto, o desconhecimento dos profissionais faz com que ainda haja uma grande carência de oferta desses produtos no mercado.

Quais as principais oportunidade para empreendedores?

Ao contrário do que se possa pensar, a confeitaria funcional não é necessariamente cara. Por outro lado, é preciso maior cuidado, perícia, técnica e paciência para a produção desses alimentos. É recomendado que você estude as formas de produzir confeitos funcionais em profundidade antes de empreender.

As pessoas que conseguem se tornar proficientes no preparo desses alimentos e administram o seu negócio com parcimônia e seriedade conseguem resultados impressionantes, porque encontram uma enorme demanda no mercado e poucos concorrentes, além de conseguirem agregar um grande valor aos seus produtos.

O que diferencia a alimentação fit e funcional?

É importante, inclusive, ao divulgar os alimentos funcionais que você pretende produzir e vender, que se faça uma diferenciação sobre o que são os alimentos fit e os alimentos funcionais. Isso porque, em muitos casos, pode haver confusão entre o público e acabar deixando clientes insatisfeitos por falta de esclarecimento.

A confeitaria fit é voltada para a alimentação de atletas, com o intuito de melhorar a eficiência energética na prática de atividades físicas. Ela não necessariamente se preocupa com a presença de agentes artificiais, aliás, é o contrário, eles são bastante utilizados. A alimentação fit é composta em sua maioria por alimentos industrializados e super processados, o que é extremamente oposto ao que busca a cozinha funcional.

Quaia receitas produzir?

Existem receitas equivalentes na alimentação funcional para quase todos os clássicos da confeitaria. Não tenha preconceito, você vai se surpreender com o sabor e a beleza que é possível conseguir mantendo a funcionalidade do alimento. Muitos são até melhores do que os clássicos.

As tortas e os bolos são os destaques desse ramo. Talvez por serem mais surpreendentes e inusitados, já que a confeitaria clássica se apoia basicamente no açúcar e na farinha branca. Mas há outras delícias incríveis como os sorvetes, as trufas e os biscoitos.

E então, ficou interessado na confeitaria funcional? Se você quer receber dicas exclusivas sobre alimentação, gestão de negócios alimentícios e tendências para o empreendedorismo, assine agora mesmo a nossa newsletter. Assim você receberá em primeira mão informações exclusivas!

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: