Empreendedorismo

8 tendências de consumo na gastronomia que influenciam os negócios

julho 9, 2020
tendências de consumo na gastronomia

As tendências de consumo na gastronomia mudam a cada ano, e quem tem uma confeitaria ou padaria deve ficar atento. O comportamento dos consumidores é a principal direção para delinear o que vem pela frente, além das novidades que fazem sucesso no mundo.

Assim, as boas tendências são aquelas conectadas com a mudança que o mercado e o mundo passam atualmente, que podem definir os próximos anos. Logo, cabe aos donos de confeitaria selecionar possibilidades e escolher os caminhos.

Se você deseja conhecer 8 tendências de consumo na gastronomia, não perca o nosso post! Boa leitura!

1. Sustentabilidade/gastronomia consciente

A gastronomia consciente é uma grande tendência atual que deve ser considerada nos estabelecimentos. Alguns pontos importantes são: como é produzido e de onde vem o alimento, como ele é tratado, como trabalha o produtor, se estão sendo usados fertilizantes ou agrotóxicos, se o transporte e acondicionamento são feitos de maneira correta, se o insumo é aproveitado, entre outros.

Além disso, os donos de confeitaria e padaria que oferecem essa prática também se preocupam com o gerenciamento de energia, gás e água. A gastronomia consciente deve dar prioridade aos alimentos sazonais e orgânicos, que são cada vez mais solicitados pelos clientes.

Reduzir o desperdício é outro fator essencial. Várias toneladas de alimentos são jogados fora todos os anos, sem contar as sobras de comida que podem ser reaproveitadas. Por isso, adotar a gastronomia saudável no estabelecimento precisa ser acompanhada de algumas ações de comunicação com os consumidores para a devida conscientização.

2. Uso de aplicativos

O uso de aplicativo proporciona várias experiências, como o gerenciamento do consumo de calorias, o auxílio na harmonização de cervejas e vinhos com os pratos, trazem dicas e receitas, traçam um roteiro para uma viagem gastronômica, entre outras.

Os aplicativos de cardápio desenvolvidos inicialmente para o uso em tablets dos estabelecimentos, podem rodar diretamente no celular dos consumidores, tanto no próprio local quanto em serviços de entrega. Assim, os meios eletrônicos são uma grande tendência de consumo nas padarias e confeitarias.

3. Rastreabilidade de alimentos

Comida de verdade é uma grande tendência na gastronomia que deverá invadir as redes sociais. Os consumidores cada vez mais exigem transparência das empresas de bebidas e alimentos.

A desconfiança generalizada pode exercer uma pressão sobre os fabricantes, para que eles mostrem as informações honestas e detalhadas sobre quando, onde e como as bebidas e os alimentos são feitos, colhidos, cultivados e vendidos. Nesse caso, a necessidade de garantia da confiabilidade e segurança de bebidas e alimentos levou ao aumento do uso de insumos ambientais, éticos e naturais em uma escala global.

Se os donos de padaria ou confeitaria forem criativos e explorarem essa tendência sabiamente, é possível atrair vários consumidores. Para se destacarem, é muito importante proporcionar opções com ingredientes naturais, frescos e, se possível, orgânicos.

4. Sobremesas e lanches saudáveis

Muitas pessoas estão optando por um estilo de vida mais saudável. Como resultado disso, podem surgir diversas opções de sobremesas e lanches que fazem bem para a saúde. O uso de ingredientes menos processados em sobremesas deve ser mais valorizado.

Logo, substituir o açúcar por adoçantes naturais é uma grande tendência. Na mesma linha, também é possível colocar ingredientes naturais e legumes aos doces, sendo boa opção para melhorar o sabor e a textura de sobremesas e lanches.

5. Embalagens ecoconscientes

A maior parte dos consumidores estão mais conscientes e, por isso, tendem a procurar marcas que transformam ou mudam as embalagens para auxiliar na prevenção do meio ambiente. A consciência ambiental que tem tomado conta do mundo não poderia deixar de lado a embalagem de produtos industrializados.

Por isso, companhias de vários setores procuram desenvolver algumas soluções para diminuir o impacto ambiental e, além disso, melhorar o marketing junto aos clientes com o objetivo de melhorar o relacionamento.

As empresas se preocupam cada vez mais com os impactos ambientais de suas ações, e um dos pontos é a utilização das embalagens. Assim, é importante apostar em opções que sejam ambientalmente corretas.

Um modo de se fazer isso é aplicar uma simbologia nos rótulos. Com isso, o cliente sabe identificar a forma que a embalagem deve ser descartada, auxiliando a separar o lixo.

6. Customização

A simplicidade também está presente nas confeitarias. Isso aparece no uso de um cardápio mais enxuto, com a possibilidade de customizar as preparações. Também é importante proporcionar pratos que sejam compartilhados, pois devido à crise econômica, muitos consumidores têm optado por essa alternativa.

Pela mesma razão, várias pessoas trocam uma refeição completa por uma porção menor. Assim, essa tendência deve continuar mesmo com a economia retomando, principalmente entre os indivíduos mais jovens.

7. Cafés diferentes

Há algum tempo, os cafés especiais chegaram às metrópoles do mundo. A pessoa especializada em café de boa qualidade é conhecida por barista e é fundamental elevar o nível de entrega. Por isso, investir nesse profissional pode ser válido.

Ele é o responsável por criar diferentes e novas bebidas à base de café utilizando vários tipos de ingredientes, licores, essências e leite. Em geral, os baristas são especialistas em oferecer um café de modo artístico e criativo com o objetivo de incrementar o serviço e o produto.

A tendência atual é adicionar novos ingredientes e encontrar misturas para o café. Uma boa opção é investir nas sementes, espirulina e açafrão. O objetivo é formar um sabor diferente e obter um café energético e nutritivo.

8. Farinhas alternativas

Muitas tendências apontam para a funcionalidade e a utilização de ingredientes benéficos para a saúde. Assim, as farinhas alternativas são uma ótima opção não somente para quem deseja consumir menos grão, mas também para os indivíduos com restrições alimentares.

Inicialmente, essa alternativa surgiu para suprir a necessidade de quem queria substituir a farinha de trigo. Entretanto, vem ganhando aceitação entre várias pessoas que desejam apreciar algo com quantidade maior de nutrientes.

Como vimos, existem diversas tendências de consumo na gastronomia que você deve aplicar à sua padaria ou confeitaria. Para isso, observe o perfil dos seus clientes e tente adequar as tendências de acordo com as preferências das pessoas. Assim, é possível aumentar a renda a alavancar o negócio.

Gostou deste post e quer ficar por dentro das novidades? Então, não deixe de curtir a nossa página no Facebook!

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: