Receitas

Doces típicos de Minas Gerais: confira quais são e os seu diferenciais

janeiro 25, 2021

Você sabe quais doces são tendência na confeitaria de Minas Gerais? Alguns doces deliciosos são bastante tradicionais e agradam grande parte dos paladares dos consumidores, até mesmo os mais difíceis de satisfazer. Além disso, as receitas são clássicas e passadas entre as gerações.

Os sabores e os cheiros despertam lembranças afetivas, por causa dos ingredientes que são utilizados. Isso faz com que haja a promoção do bem-estar e o aconchego de sentir aquele gostinho específico que traz tantas memórias boas. 

Para saber mais sobre algumas tendências de confeitaria de Minas Gerais, acompanhe a leitura deste post!

Doce de laranja

O doce de laranja é delicioso, aromático e, provavelmente, está no livro de receitas da avó. Ele é fácil de fazer e conta com uma receita tradicional que sempre traz ótimas lembranças dos momentos em família. Para fazê-lo, você precisará de:

  • 1 kg de cascas de laranja;
  • 550 g de açúcar refinado;
  • água;
  • 7 cravos-da-índia.

O ideal é comprar as cascas da laranja já prontas para o preparo do doce. Isso faz com que o processo de feitura seja mais rápido e otimizado, sem que haja perda de qualidade do sabor. 

Primeiramente, higienize as cascas da laranja, coloque-as em uma panela alta e cubra-as com água acima de 4 dedos. Adicione os outros ingredientes e deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 1 hora. Caso o caldo seque no decorrer do tempo, adicione mais água.

Por fim, espete a laranja para ver se ela está macia. Prove e veja se o açúcar está de seu gosto. Caso seja necessário, adicione mais para adoçar. Deixe o doce cozinhar até que todas as laranjas cozinhem por completo. Depois, deixe esfriar e guarde o doce em uma compota. Leve-o à geladeira.

Canjica

A canjica é uma sobremesa mineira que traz conforto e aconchego, tendo em vista que é um doce que sempre marca a infância. Ela também está presente em muitos eventos divertidos e de união com a família e os entes queridos, como festas juninas e as festas de fim de ano. 

Os ingredientes necessários para o seu preparo são:

  • 1 xícara de canjica;
  • 1 L de água;
  • 2 xícaras de leite;
  • 1 colher de chá de essência de baunilha;
  • 1 caixinha de leite condensado;
  • 1 vidro de leite de coco;
  • canela em pó à gosto;
  • 5 cravos-da-índia;
  • 300 g de amendoim torrado e moído. 

Coloque a canjica de molho em uma tigela com 3 xícaras de água. Tampe a tigela e deixe em temperatura ambiente por cerca de 12 horas. Isso fará com que o milho da canjica amoleça e fique mais fácil de eliminar o excesso do amido.

Depois, escorra a água e leve a canjica à panela de pressão com 1 L de água, os cravos-da-índia e a canela a gosto, em fogo alto, por cerca de 40 minutos. Em seguida, retire a pressão da panela e adicione o leite, o leite de coco, a essência de baunilha e o leite condensado.

Deixe a panela sem tampa e em fogo médio por cerca de 30 minutos para terminar de cozinhar o milho e engrossar o caldo. Se for preciso adoçar mais, adicione açúcar de acordo com o seu gosto. Sirva com canela em pó e o amendoim polvilhado por cima.

Pé de moleque

O pé de moleque é outro doce que está sempre presente na infância, seja feito pela avó ou servido nas festinhas. Para fazê-lo, é bastante simples. Veja quais ingredientes serão necessários:

  • ½ kg de amendoim torrado e descascado;
  • 2 xícaras de açúcar refinado;
  • 1 caixinha de leite condensado;  
  • 3 colheres de sopa de manteiga com sal.

Coloque em uma panela o amendoim, o açúcar e a manteiga, e leve ao fogo baixo até que o açúcar caramelize. Em seguida, adicione o leite condensado e mexa a mistura por cerca de 10 a 15 minutos. 

O pé de moleque estará pronto quando ele desprender do fundo da panela ao passar a colher. Depois, é só transferi-lo para uma assadeira untada com manteiga. Deixe-o nivelado e corte-o do tamanho de sua preferência após o esfriamento.

Doce de abóbora com coco

O doce de abóbora com coco também é muito popular. Confira os ingredientes que você precisará para fazê-lo:

  • 1 kg de abóbora grande picada;
  • 1 kg de açúcar refinado;
  • 5 paus de canela;
  • 150 g de coco ralado;
  • 5 cravos-da-índia.

Cozinhe as abóboras picadas em água quente. Depois, escorra a água e amasse-as por completo com um garfo. Leve a abóbora amassada ao fogo baixo em uma panela com o açúcar, o cravo-da-índia e a canela.

Mexa bem até que a mistura desprenda do fundo da panela. Quando isso acontecer, adicione o coco ralado e continue mexendo por mais 5 minutos. Deixe o doce esfriar e leve à geladeira.  

Doce de figo verde em calda

Uma ótima opção para servir em sua confeitaria é o doce de figo verde. Essa receita é um clássico que faz muito sucesso na gastronomia mineira. Será preciso ter os seguintes ingredientes para a receita:

  • 2 kg de figo verde;
  • 3 xícaras de açúcar refinado;
  • água;
  • 5 cravos-da-índia.

Prepare os figos. Para isso, corte o talo de um lado e do outro, fazendo um corte em forma de cruz. Deixe-os em água fervente por cerca de 15 minutos. Depois, escorra a água e deixe-os esfriar. Armazene-os em um depósito com tampa no freezer de um dia para o outro. Depois de congelados, retire a pele de cada um com a ajuda da água corrente. 

Após esse passo, coloque o açúcar em uma panela alta em fogo médio e mexa até virar caramelo. Adicione 1 xícara de água, mexa e coloque os figos na panela. Coloque o cravo-da-índia e mais água até cobrir os figos. 

Deixe cozinhar por cerca de 1h e adicione mais água sempre que a calda secar. O doce pode ser armazenado em compotas na geladeira.  

Gostou de saber sobre as tendências de confeitaria de Minas Gerais? Com certeza, esses doces deliciosos farão muito sucesso entre os seus clientes, que sempre retornarão para saborear mais gostosuras. 

Agora, que tal curtir a nossa página no Facebook? Assim, você fica sempre por dentro de todas as nossas novidades!

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: